Bahia perde para o Bragantino e fica em terceiro

No jogo que seria de muita festa para o Bahia, ninguém avisou ao Bragantino, que na tarde deste sábado, no Estádio Morumbi, em São Paulo, venceu por 2 a 0, pela última rodada do Campeonato Brasileiro da Série B e colocou chop na festa baiana.

Após a partida, o cantor Ricardo Chaves irá fazer um show para os torcedores presentes, triste com a derrota. Com os três pontos, o Bragantino terminou o ano na oitava colocação, com 53 pontos, enquanto, o Bahia, que estava perto da vice-liderança, terminou em em terceiro, com 65, já que o Figueirense venceu o Paraná, por 4 a 2.

Começou bom, mas…
Como os dois times não queriam mais nada, a partida começou bem movimentada, com o gol sendo buscado pelos dois lados. Mas, com o ataque mais equilibrado, o Bahia teve as primeiras reais chances de gol. Aos cinco minutos, Jael arriscou da entrada da área. A bola saiu tirando tinta da trave, o goleiro Vitor já estava vendido no lance.

Mas, a melhor chance do Bahia foi aos 28 minutos. Jael recebeu dentro da área, fintou dois zagueiros do Bragantino e bateu cruzado. Vendido no lance, o goleiro Vitor ficou olhando a bola sair, que foi pela linha de fundo, tirando tinta da trave.

No final do primeiro tempo, o jogo caiu muito de nivel. Os dois times brigavam pela bola muito no meio campo e nenhuma grande chance de gol era criada. Mas, aos 44 minutos, Leo Jaime recebeu dentro da área e bateu para fora, perdendo uma boa chance de levar o Braga para o intervalo com a vantagem no placar.

Braga arrasador!
O Bragantino voltou mais ligado para o segundo tempo e logo aos seis minutos fez o seu. Julio César arriscou de fora da área, a bola explodiu no poste esquerdo. O rebote ficou para o atacante Léo Jaime, que tocou para o gol aberto.

O Bragantino continuou melhor em campo e teve mais uma boa chance aos 25 minutos. Léo Jaime recebeu na entrada da área e arriscou para uma linda defesa do goleiro Omar, que fez uma milagre evitando o segundo.

Mas, aos 29 não teve Omar fazer nada. Thiaguinho fez linda jogada pela lateral, invadiu a área na saída de Omar e rolou para o meio da área. Livre, sem goleiro, o atacante Fabricio Carvalho bateu no alto e ampliou para o Braga.

No final, o Bahia tentou chegar ao gol de empate, mas esbarrou no forte sistema defensivo do Bragantino, que comemorou muito o resultado.

Ficha Técnica

Bragantino 2 x 0 Bahia

Local: Estádio Morumbi, em São Paulo-SP
Árbitro: Wagner Reway-MT
Assistentes: Lincoln Ribeiro Taques-MT e Paulo Cesar Silva Faria-MT
Cartões amarelos: Murilo Silva e Julio Cesar (Bragantino)
Gols: Leo Jaime aos 6’/2T e Fabricio Carvalho aos 29’/2T (Bragantino)

Bragantino
Vitor; Júnior Lopes, Marco Aurélio e Everaldo; Murilo Silva, Eders Silva, Julio Cesar, Leo Jaime (Thiaguinho) e Silas; Sílvio (Thiago Cunha) e Fabricio Carvalho (Marcelinho)
Técnico: Marcelo Veiga.

Bahia
Omar (Fernando Welington); Arilton, Vagner, Nen e Felipe (Pablo); Fábio Bahia, Marcone, Lenine (Diego Santos) e Vander; Everton e Jael
Técnico: Márcio Araújo.