Publicidade


Vitória x Icasa: Promessa de Barradão lotado

O Vitória espera somar o maior número de pontos possíveis nas próximas quatro rodadas, quando enfrentará clubes que estão na parte debaixo da tabela: Icasa (14º), Guarani (17º), Duque de Caxias (20º) e ABC (15º).

Nas últimas rodadas, o Leão superou ASA, por 1 a 0, e Vila Nova, por 3 a 0. Os dois resultados fizeram o time baiano dar um salto na tabela. Das proximidades da zona de rebaixamento, o time pulou para as primeiras posições, com 30 pontos.

Por outro lado, o Icasa, embora lute para sair da parte debaixo da tabela, defende uma série invicta de sete jogos. Foram três vitórias e quatro empates desde a última derrota para o Criciúma, por 1 a 0, no último dia 26 de julho, pela 13ª rodada. A sequência tirou o time cearense, que soma 26 pontos, da degola.

Todo cuidado é pouco
O técnico Vágner Benazzi (foto) considera estes próximos jogos como “chaves” para a disputa pelo acesso. Apesar disso, o treinador adiantou que o time não terá moleza e, pelo visto, os jogadores assimilaram bem.

“Fizemos um pacto para somar o maior número de pontos possíveis nas próximas rodadas. Mas sabemos que na Série B não há jogo fácil. Independente da posição na tabela, todos estão lutando por um objetivo, seja subir ou evitar o rebaixamento”, afirmou o volante Neto Coruja.

Para esta partida, Benazzi não deve fazer grandes mudanças em relação ao time que goleou o Vila Nova, por 3 a 0. O volante Zé Luís e o meia Preto continuam afastados por lesão, fato que mantém o meio-campo formado com Uelliton, Neto Coruja, Mineiro e Lúcio Flávio.

A principal novidade do Vitória deve estar no banco de reservas. O meia-atacante Richelly, contratado do Santos nesta semana, deve começar no banco. Por outro lado, o lateral-esquerdo Fernandinho retorna de suspensão na vaga de Felipe.

Segura, Verdão!
Icasa recebeu uma ótima notícia às vésperas do duelo. Após ser dado como reforço certo do Atlético-GO, o volante Marino confirmou sua permanência no Verdão até o final do ano. O mesmo não aconteceu com o outro volante Dodó, que se transferiu ao mesmo Atlético e não entra em campo. A dúvida fica por conta de quem será seu substituto. Guto, recém-repatriado do Guarani, é o mais cotado.

O problema é o lateral-direito Osmar também desfalca, mas por contusão. Isso abre uma chance de Guto ser improvisado na ala. Desta forma, Luiz Ricardo seria escalado no meio. A outra opção para a lateral é o garoto Werinton, de apenas 19 anos.

Os problemas do técnico Márcio Bittencourt (foto), contudo, não param por aí. O treinador ainda terá outros quatro desfalques: o volante Vinícius, os meias Ribinha e Júnior Xuxa e o atacante Preto. Estes dois últimos vinham sendo titulares e devem ser substituídos por Diogo Palhinha e João Salles.

“Sabemos que estes desfalques farão falta, mas tenho que destacar a força do nosso grupo. Os jogadores que estão entrando honram a camisa do Icasa. Não é à toa que vivemos uma grande fase. Isso é crédito de todo o elenco”, comemorou Bittencourt.

icha Técnica

Vitória x Icasa
Fase
Única
Rodada
21ª
Data
03/09/2011
Horário
16h20
Local
Barradão, em Salvador

Árbitro
Flávio Feijó de Omena (AL)

Assistentes
Adeilton Guimarães da Hora (AL) e Ailton Farias da Silva (SE)

Vitória

Fernando;
Nino Paraíba, Alison, Maurício e Fernandinho;
Neto Coruja, Uelliton, Mineiro e Lúcio Flávio;
Marquinhos e Neto Baiano.

Técnico: Vágner Benazzi

Icasa

Marcelo Pitol;
Luiz Henrique, Everaldo e Ramon;
Guto, Luiz Ricardo (Werinton), Marino, Diego Palhinha e Janílson;
Marciano e João Salles.

Técnico: Márcio Bittencourt