Vitória visita Sampaio Corrêa buscando contrariar estatísticas para fugir do Z-4

A probabilidade do Vitória cair para a Série C já está na casa dos 94,6%. A equipe não marca um gol há seis jogos e, na última rodada, perdeu para o vice-lanterna em casa, por 1 a 0. Nesta terça-feira (12), o Leão visita o Sampaio Corrêa, às 19h, pela 30ª rodada da Série B, em busca de uma reação que contrarie as estatísticas.

Para isso, apenas os três pontos interessam. A última vez que o Leão venceu na Segundona foi no dia 4 de setembro. Na ocasião, bateu o Operário-PR por 1 a 0, fora de casa. Desde então, são quatro derrotas e três empates.

Diante do Confiança, o Leão criou um caminhão de chances, mas falhou na pontaria. O técnico Wagner Lopes atribuiu o problema à juventude do elenco.

“Nós temos um elenco muito jovem. Infelizmente, nessa hora importante, decisiva, acaba pesando um pouquinho de cada coisa. Acho que é uma somatória de tudo que vem acontecendo nos últimos meses, talvez até nos últimos anos. Um pouco de ansiedade, de falta de concentração. A gente sabe que são jogadores com potencial, mas nessa hora a falta de experiência pesa. É continuar trabalhando e honrar a camisa”, afirmou, em entrevista coletiva após a partida.

O Vitória teve pouco tempo de preparação após o jogo contra o Sampaio Corrêa. Treinou apenas no domingo (10), e teve de cancelar o treino de segunda-feira (11), para realizar um trabalho regenerativo com os jogadores, por causa do cansaço.

O mesmo vale para o Tricolor de São Pantaleão, que ganha o reforço do zagueiro Joécio, suspenso na partida contra o Vasco. O lateral-direito Luís Gustavo, expulso diante do Cruzmaltino, está fora. O Sampaio ocupa a 10ª colocação da Série B, com 40 pontos.

Foto: Max Haack / Ag. Haack / Bahia Notícias