Vitória vence o Palmeiras

Com belo gol de falta de Ramon e gol de cabeça de Neto Coruja, o Vitória venceu a primeira partida do confronto contra o Palmeiras pela Copa Sul-Americana.

O primeiro tempo de jogo foi absolutamente fraco, com as duas equipes tendo dificuldades para passar pela defesa adversária. O Vitória teve mais posse de bola, porém não conseguia chegar, exceto em duas jogadas de bola parada. Essencialmente com Ramon, ótimo cobrador de faltas.

O Verdão, além de ter ficado pouco com a bola, quando a tinha, não possuia capacidade de criação, sobretudo pela má jornada da dupla ofensiva, Tadeu e Ewerthon, que não conseguia dar opções para os meias palmeirenses, outra carência da equipe, já que nenhum dos jogadores do meio de campo eram jogadores originalmente ofensivos.

Outro fator complicador para as duas equipes foi o horrível estado do gramado do Barradão, que foi castigado pela chuva e já estava ruim na final da Copa do Brasil, há uma semana, quando a equipe da casa não conseguiu conquistar o título.

A única forma aparentemente possível para que o panorama da partida se alterasse na segunda etapa era em jogadas de bola parada. Nisso, o Vitória levou vantagem, como ja levara na primeira etapa. Ramon, logo com um minuto de jogo, cobrou falta no ângulo do goleiro Deola, que nada pôde fazer.

O gol acendeu a equipe paulista, que foi em busca do empate, mas, novamente, esbarrou nas dificuldades já citadas: estado ruim do gramado, além de pouca qualidade em seu setor ofensivo.

As melhores chances do Alviverde vieram em lances de bola aérea, como aos oito minutos, no cruzamento em que Tadeu desviou e Danilo quase conseguiu desviar para o gol do Vitória. Daí em diante, pouco foi criado pelo lado do Verdão.

Aos 42 minutos, o golpe de misericórdia: após cobrança de escanteio, Neto Coruja desviou de cabeça e definiu o placar para a equipe baiana: 2 a 0.

Felipão agora coleciona sua sexta partida consecutiva no Palmeiras sem vitória. O treinador, que já mostrara irritação com isso em alguns momentos, agora deve se apegar à volta de Kleber ao time, além da chegada de Valdivia para acreditar que a situação se alterará. O chileno será apresentado nesta quinta-feira de volta ao clube.

Palmeiras e Vitória jogam agora na próxima quinta-feira, no Pacaembu, para decidir quem avança para próxima fase da Copa Sul-Americana.

FICHA TÉCNICA:
VITÓRIA 2X0 PALMEIRAS

Estádio: Barradão, Salvador (BA)
Data/hora: 11/8/2010 – 21h50 (de Brasília)
Árbitro: Leandro Vuaden (RS)
Auxiliares: Altemir Hausmann (RS) e Carlos Berkenbrock (SC)
Renda/público: Não disponíveis.
Cartões amarelos: Renato e Neto Coruja (VIT); Edinho, Vitor e Mauricio Ramos (PAL)
Cartões vermelhos: Nenhum.
GOLS:Ramon, 2’/2ºT (1-0); Neto Coruja, 42’/2ºT (2-0)

VITÓRIA: Lee; Eduardo, Wallace, Anderson Martins e Egídio; Vanderson, Ricardo Conceição, Renato (Neto Coruja, 21’/2ºT) e Ramon (Bida, 33’/2ºT); Elkeson e Schwenck (Junior, 28’/2ºT). Técnico: Toninho Cecílio.

PALMEIRAS: Deola; Vitor, Maurício Ramos, Danilo e Armero (Luan, 41’/1ºT); Pierre, Edinho, Márcio Araújo (Tinga, 17’/2ºT) e Rivaldo; Ewerthon e Tadeu (Max, 27’/2ºT). Técnico: Luiz Felipe Scolari.