Publicidade


Vitória vence fácil o BAVI: 5 a 1

O Vitória tomou conta da partida e só no primeiro tempo marcou três. Na etapa complementar, Lenilson numa meia bicicleta e Renato marcaram para o rubro-negro enquanto Bebeto descontou para o tricolor.

Desde o primeiro minuto o Vitória tomou conta totalmente das ações da partida e não precisou de muito tempo para chegar ao primeiro gol. Em cobrança de falta de Fernando, Vilson desviou de cabeça para abrir o placar para o rubro-negro baiano.

O Bahia continuava perdido em campo, apenas assistindo o adversário comandando o jogo. E em outra cobrança de falta, o Vitória chegou ao segundo gol. Jonas cobrou na barreira e na sobra, Fernando chutou forte marcando um golaço.

O Leão seguiu pressionando e antes do intervalo ainda conseguiu ampliar o marcador com Renan Oliveira, que marcou o seu primeiro gol com a camisa rubro-negra, o terceiro do time no BaVi.

Na volta para o segundo tempo, o técnico tricolor João Marcelo promoveu a entrada do garoto Lenine, que se destacou na Taça BH, em lugar de Dênis. Com isso, Bebeto passou a atuar na sua posição de origem, a lateral direita.

O Bahia era outro time no segundo tempo e foi com próprio Lenine, que por pouco, o tricolor não marca o seu primeiro gol na partida. O jovem das divisões de base arriscou um lindo chute e a bola explodiu na trave de Vinicius.

Apesar de ter conseguido equilibrar a partida, o futebol apresentado pelo Bahia não foi suficiente para uma reação. E ainda deu tempo para o Vitória marcar mais um. Após jogada de Rafael Cruz pela esquerda, Lenilson, numa meia bicicleta marcou um golaço.

E ainda tinha tempo para mais. Dessa vez o bahia marcou o seu de honra com Bebeto, após linda lançamento de Lenine. Quando o placar parecia não mais se alterar, Renato ainda teve tempo para marcar o quinto do Vitória e dar números finais à partida.

Bahia 1 x 5 Vitória
Campeonato do Nordeste – 3ª rodada
Data:
16/06/2010 (quarta-feira), às 21h15
Local: Estádio de Pituaçu, em Salvador
Arbitragem: Suelson Diógenes de F. Medeiros auxiliado por Eduardo Lincoln Neves e Lorival Candido das Flores (Trio do Rio Grande do Norte).

 Bahia: George; Araújo, Diego e Átila; Dênis (Lenine), Pink (Wilson Júnior), Pablo, Bebeto e Roberto; Aleilson e Cacá.Técnico: João Marcelo.

 Vitória: Vinicius, Jonas, Vilson, Gabriel e Rafael Granja; Ricardo Conceição, Fernando, Evandro (Renato) e Renan Oliveira; Jackson (Lenilson) e Schwenck. Técnico: Flávio Tanajura