Vitória vence 1º BA-VI do ano

O Vitória venceu o primeiro clássico BaVi de 2011 e quebrou um incômodo jejum de cinco anos sem vitórias atuando no Barradão. O Rubro-negro bateu o maior rival Bahia por 3 a 0, gols marcados por Neto Baiano, Elkeson e Rildo.

A partida começou com o time da casa mais presente no ataque, mas esbarrava na ansiedade do time, principalmente de Rildo, que errava nas conclusões das jogadas. Neto Baiano, escalado entre os titulares, tentava trombar com a zaga Tricolor, mas sem sucesso.

O primeiro tempo seguia com poucas chances de gol para os dois lados. Apenas uma falta cobrada por Ávine na barreira e um chute de fora da área do lateral Marcos levantaram a torcida.

Segundo tempo eletrizante

Na segunda etapa, as duas equipes voltaram mais dispostas a atacar e a partida ficou muito mais movimentada. Aos 11 minutos, Júnior Timbó cobrou falta na grande área, Tiago defendeu cabeçada de Léo Fortunato, e no rebote, Neto Baiano balançou as redes.

Empolgado com a vantagem, o Vitória ampliou logo em seguida. Bola dividida no meio-campo que sobrou para Rildo, que apenas escorou para Elkeson bater de primeira e vencer Tiago dentro da área, 2 a 0.

No embalo da torcida, em ampla maioria no Barradão, o Vitória administrou a vantagem, e esteve perto de ampliar o marcador, principalmente em contra-ataques puxados por Rildo, que ia infernizando a vida do rival.

O treinador do Bahia, Rogério Lourenço até tentou colocar o time mais ofensivo, com Pedro Beda, que obrigou Viáfara a fazer uma linda defesa aos 38 minutos, em cabeçada à queima roupa.

Quando o Vitória já parecia cansado e cozinhava o resultado, aos 46, Rildo recebeu de Léo pela esquerda e, cara a cara com Tiago, apenas deslocou o goleiro Tricolor para fechar o placar.

Ficha Técnica:

Vitória (3): Viáfara; Romário, Alison (Reniê), Léo Fortunato e Léo; Uelliton, Bida, Júnior Timbó (Esdras) e Elkeson; Rildo e Neto Baiano (Edson) Técnico: Antônio Lopes

Bahia (0): Tiago; Marcos, Titi, Luizão e Ávine; Marcone, Rafael Jataí (Boquita) (Pedro Beda), Ananias (Gabriel), Camacho e Maurício; Souza. Técnico: Rogério Lourenço

Local: Estádio Manoel Barradas, em Salvador (BA)
Data: 06/02/2010 (Domingo)
Árbitro: Rodrigo Martins Cintra
Assitentes: Adson Lopes Leal e Belmiro da Silva