Publicidade


Ricardo Silva

 

 

 

 

 

Assim como havia feito na tarde da última segunda-feira, 29, e na manhã desta terça-feira, 30, o técnico do Vitória, Ricardo Silva, aproveitou a tarde na Toca do Leão para promover mais um puxado treino técnico.

Enquanto o lateral-esquerdo Gilson, ainda em fase de recuperado de lesão, aprimorava a forma física em trabalho à parte, o treinador rubro-negro comandava um treino “alemão” e exigia muita movimentação dos demais atletas. Totalmente recuperado de contusão, Victor Ramos treinou normalmente.

Na tarde da próxima quarta-feira, 31, quando terá pela primeira vez à sua disposição a dupla recém recuperada, o técnico do Leão deverá comandar o primeiro treino coletivo com vista em arrumar a sua equipe para o jogo de sábado, 3 de novembro, contra o Bragantino, pela 34ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro.

Como contrapeso à possibilidade de escalar Victor Ramos e Gilson na equipe titular, Ricardo Silva não poderá contar com o meia Pedro Ken e nem com o jovem zagueiro Josué, ambos com lesões musculares e vetados desde o começo da semana pelo departamento médico do clube.

O treino “alemão” – Assim como recomenda a atividade, Ricardo Silva dividiu o elenco em três equipes. Enquanto dois times, com objetivos distintos, se enfrentavam no campo, um outro ficava do lado de fora, aguardando para substituir o grupo derrotado. Por exigir dos atletas muita movimentação, este tipo de treinamento é bastante utilizado pelos clubes.

Brasileirão – Com 66 pontos ganhos, o Vitória ocupa a terceira colocação do torneio. O rubro-negro está a dois pontos do líder Criciúma e a um ponto do vice-líder Goiás. Já a distância para o São Caetano, quinto colocado e primeiro time fora do G-4, é de cinco pontos.

 

Conteúdo:Atarde.com