Vitória goleia o Juazeiro

Sem grandes dificuldades, o Vitória goleou o Juazeiro nesta tarde de domingo, no estádio Manoel Barradas, por 6 x 1, na primeira partida dentro de casa no Campeonato Baiano. com este resultado, o rubro-negro pulou para quatro pontos na tabela, terminando a rodadana segunda posição. Na próxima quarta-feira, o time de Toninho Cerezo viaja até Conquista, onde encara a equipe da casa, às 22h, no Lomanto Júnior.
Massacre rubro-negro na etapa inicial e festa da torcida
Preocupando-se em não deixar o Vitória jogar, o Juazeiro não demorou muito para levar o primeiro gol no Barradão. Logo aos sete minutos, o meia Arthur Maia fez uma linda jogada na intermediária e passou para o atacante Neto Baiano. O artilheiro rubro-negro na Série B do ano passado bateu cruzado, sem chances para o goleiro Bruno, fazendo a festa da torcida do Leão.
Mas, aos 12, o Juá mostrou sua força e contou com a falha no sistema defensivo dos mandantes. Após rebote da zaga rubro-negra depois de um cruzamento da esquerda, o meia Alan tocou para o atacante Nino Guerreiro, que chutou no canto do arqueiro Douglas, deixando tudo igual no marcador.
Melhor posicionado em campo, o rubro-negro ficou à frente do placar novamente aos 24, com um gol de Uelliton. Criticado pela torcida por suas declarações polêmicas, o jogador arriscou de fora da área e a bola desviou na cabeça do zagueiro Dias, passando por cima de Bruno, enganando o camisa 1 do Juá.
Mais tranquilo e colocando velocidade na defesa adversária, o Leão ampliou aos 38. Em um pênalti sofrido por Rildo, derrubado pelo zagueiro Itamar, Neto Baiano chamou a responsabilidade e bateu no meio do gol, marcando pela segunda vez no jogo. Bruno ainda tocou na redonda e por pouco não salvou.
E para não deixar a torcida respirar, os comandados de Toninho Cerezo ainda fizeram o quarto, de novo com Uelliton. Aos 43, Wellington Saci cruzou para Lúcio Flávio, que rolou para o volante soltar o foguete e partir para o abraço com o torcedor rubro-negro.
Sem pressa, Leão segura ímpeto do Juá e garante goleada
Tocando a bola com eficiência e explorando as fragilidades defensivas do Juá, o Vitória só criou uma boa chance de fazer o quinto aos 18 e mais uma vez de pênalti sofrido por Rildo. Neto Baiano pegou a bola e partiu para a cobrança, mas colocou a redonda por cima do alambrado que protege a torcida Os Imbatíveis.
Sem problemas para penetrar na defesa do Juá, o rubro-negro marcou o quinto aos 42. Lúcio Flávio pegou rebote na entrada da área e colocou com categoria no ângulo de Esaul. Neto Baiano, aproveitando cruzamento da direita de Mineiro, fechou o caixão do juazeirense aos 48, com um toque de classe, deslocando Esaul.
FICHA TÉCNICA
Vitória 6 x 1 Juazeiro
Local: Estádio Manoel Barradas, em Salvador.
Data: Domingo, 22 de janeiro.
Árbitro: Arilson Bispo da Anunciação.
Assistentes: Elicarlos Franco de Oliveira e Alberto Tavares Neto
Vitória: Douglas, Dimas, Gabriel, Dankler e Wellington Saci; Mineiro, Uelliton (Michel), Arthur Maia (Elton) e Lúcio Flávio; Rildo (Alan Pinheiro) e Neto Baiano. Técnico: Toninho Cerezo.
Juazeiro: Bruno (Esaul); Matheus, Dias, Itamar (Araújo) e Piau; Gama, Daniel, Thiago e Alan; Tinho e Nino Guerreiro. Técnico: Emerson Mateus.