Publicidade


Vitória goleia e sobe na classificação

Depois de perder para o Serrano por 1 a 0, na última rodada, o Vitória se redimiu no Campeonato Baiano e venceu o Atlético de Alagoinhas por 5 a 0, em jogo realizado neste domingo (4), no Barradão. Neto Baiano, três vezes, Gabriel Paulista e Mineiro marcaram para o rubro-negro. Com o resultado, o time comandado por Toninho Cerezo chegou aos 23 pontos, espantando assim um início de crise na Toca do Leão.
Vitória é mais eficiente nas finalizações
O Vitória iniciou a partida tomando inciativa e assustando logo no primeiro minuto. Após receber passe de Neto Baiano, Lucio Flavio,bateu forte e a bola desviou na defesa, passando perto do gol de Marcos Paulo. Logo depois, Romário cruzou da direita na cabeça de Neto Baiano, que subiu com estilo, mas a defesa do Carcará conseguiu afastar o perigo. Após a pressão inicial, o jogo ficou tumultuado no meio de campo, onde algumas faltas foram marcadas e somente aos 13 minutos, o Leão voltou a chegar no ataque. Marquinhos recebeu livre na área, bateu cruzado, mas a bola ficou na defesa.

O Carcará decidiu acordar na partida, criando jogadas pela direta com Ademir. Aos 17, de calcanhar, o lateral serviu Garrinchinha. O volante chegou chutando, mas pegou  fraco na bola, para a fácil defesa de Douglas. Um minuto depois, George bateu falta, mas a bola passou longe da meta de Douglas. As investidas do Atlético não inibiram o Vitória, que desperdiçou uma boa oportunidade, com Arthur Maia. Aos 23 ele cortou a marcação e chutou forte da entrada da área, dando um susto no arqueiro do Carcará.

Depois de seguidas tentativas de longa distância e inofensivos cruzamentos, o Vitória abriu o placar  aos 34 minutos, com Neto Baiano. Arthur Maia cobrou escanteio, Michel desviou e o camisa 9 do Leão, livre de marcação, mandou para os fundo das redes. Com a vantagem no placar, o Rubro-negro ficou mais solto na partida. Aos 37, Marquinhos tocou para Arthur Maia. Ele chutou em cima do goleiro Douglas e perdeu a chance de ampliar o placar. Aos 46 minutos, Marquinhos foi derrubado na área por Tácio e o árbitro assinalou pênalti. Neto Baiano foi para a cobrança e não desperdiçou, anotando o seu 13º gol no certame, assumindo a artilharia da competição.

Leão domina segundo tempo e goleia

Vencendo por 2 a 0, o Vitória retornou ainda mais tranquilo para a partida. Já o adversário, visivelmente nervoso, viu o zagueiro Bira ser expulso aos 8 minutos. Com isso, não demorou para o Leão reiterar o domínio em campo. Após cobrança de escanteio, o zagueiro Gabriel matou no peito e chutou de primeira, anotando um golaço, o mais bonito da tarde.

E o Leão manteve o domínio no confronto. Aos 30 minutos Geovanni cobrou falta com categoria, mas Marco Paulo salvou o Atlético. Porém, não deu para o arqueiro do Carcará quatro minutos depois. Mineiro soltou uma bomba, Marcos Paulo não segurou e a bola morreu no canto esquerdo.

Mesmo no apagar das luzes, aos 47 minutos da etapa final, deu tempo para mais um gol dos mandantes. Neto Baiano passou pelo goleiro e deu números finais ao jogo, confirmando a boa fase e a artilharia do Brasil com 14 tentos assinalados.

FICHA TÉCNICA:
Vitória 5 x 0 Atlético de Alagoinhas
Local: 
Estádio do Barradão, em Salvador (BA).
Data: Domingo, 4 de março.
Árbitro: Gleidson Santos Oliveira.
Assistentes: José Carlos Oliveira dos Santos e Jefferson Abel Ferreira Lima.
Gols: Neto Baiano (3), Gabriel Paulista e Mineiro

Vitória: Douglas; Romário (Nino), Gabriel, Rodrigo (Dankler) e Léo; Michel, Mineiro, Arthur Maia e Lucio Flávio (Geovanni); Marquinhos e Neto Baiano. Técnico: Técnico Cerezo

Atlético: Marcos Paulo; Ademir (Antônio Carlos), Bira, Rogério e George; Fausto, Tácio, Garrinchinha (Lazáro) e Narciso (Marcos Neves); Robert e Deon. Técnico: Lameu (interino).

 

fonte: bahianoticias