Vitória faz o dever de casa

Sem muitas dificuldades e com um futebol diferente do apresentado nas últimas semanas, o Vitória venceu o Camaçari nesta noite de quarta-feira (15), por 3 x 1, no estádio Manoel Barradas, pela nona rodada do Campeonato Baiano. Com este resultado, o rubro-negro chegou aos 16 pontos, mas se manteve na quarta posição. Na próxima quarta, um dia após o final do Carnaval, a equipe de Toninho Cerezo vai encarar o Atlético, em Serrinha.
Neto marca dois em primeiro tempo sem emoções 
Com um time bastante ofensivo e cheio de novidades, o rubro-negro começou a partida de forma arrasadora. Logo no primeiro minuto de confronto, o volante Michel deu um lindo passe para Lúcio Flávio e o experiente meia enfiou de primeira para o artilheiro Neto Baiano, que tocou de perna direita no canto esquerdo do goleiro Rodrigo.
Após abrir o placar, a equipe de Toninho Cerezo passou a explorar os dois laterais quase em todas as jogadas ofensivas. Romário e o garoto Mansur, surpresa na escalação, desceram em diversas oportunidades pelas pontas e em um desses lances, aos 42, o primeiro acertou um cruzamento na cabeça de Neto Baiano, que testou firme, no ângulo, para marcar seu segundo no jogo o décimo primeiro na competição.
Dois minutos depois de ampliar, o rubro-negro ainda teve uma grande chance de fazer o terceiro. Marquinhos recebeu lançamento de Neto e ajeitou de peito para Michel, que soltou a bomba, obrigando Rodrigo a fazer uma linda defesa.
Ataque volta a funcionar e Leão faz a festa
O time rubro-negro iniciou o segundo tempo da mesma forma do primeiro: atacando sem deixar o clube do Pólo pensar muito e explorando a frágil defesa adversária, chegando ao terceiro aos quinze minutos.  Marquinhos trocou figurinhas com Neto Baiano e chutou cruzado, para a linda intervenção de Rodrigo, mas, na sequência, Lúcio Flávio pegou o rebote e mandou no fundo das redes.
Mesmo com o resultado nas mãos, a zaga mandante vacilou aos 39. Em um cobrança de escanteio, Douglas salvou o que seria um gol olímpico, contudo, a redonda sobrou nos pés do meia Diogo, que tratou de fazer o de honra dos visitantes.
FICHA TÉCNICA
Vitória 3 X 1 Camaçari 
Local: Estádio Manoel Barradas (Barradão)
Data: Quarta-feira, 15 de fevereiro.
Árbitro: Carlos Alberto de Souza Vila Nova.
Assistentes: Adailton José Jesus da Silva e Paulo de Tarso Bregalda Gussen.
Público: 4.536 pessoas
Vitória: Douglas; Romário (Léo), Victor Ramos, Gabriel Paulista (Gabriel) e Mansur; Michel, Mineiro, Arthur Maia e Lúcio Flávio; Marquinhos (Róbston) e Neto Baiano. Técnico: Toninho Cerezo.
Camaçari: Rodrigo; Maicon, Júnior Touchê (Corrêa), Bruno Neves e Jorginho; Totinga, Tinho, Diogo e Flávio; Júnior e Gilberto (Róbson Luís). Técnico: Nelsinho Goes.