Publicidade


Vitória vai enfrentar o Atlético-GO, neste sábado, às 16h30, no Serra Dourada

Com uma atividade recreativa, o Vitória encerrou na manhã desta sexta-feira os treinamentos para enfrentar o Atlético-GO, sábado, às 16h30, no Serra Dourada. Vagner Mancini não antecipou a formação da equipe.

Mancini já assistiu ao material preparado pela equipe de apoio, vai rever no hotel em Goiânia e depois definir a escalação.

Terceiro colocado com 41 pontos, quatro a menos que o líder Botafogo, dois atrás do Paysandu, o vice, o Vitória tentará em Goiânia seu sexto triunfo como visitante.

O time rubro-negro é o segundo melhor visitante e tem 56.5% de chance de subir para a Série A, de acordo com o Departamento de Matemática da Universidade Federal de Minas Gerais.

RACHÃO
Na primeira parte da atividade desta sexta, Mancini promoveu um rachão entre os times formados por jogadores da base e os considerados “estrangeiros”, que voltaram a vencer, de virada, por 5 x 1, após Euller marcar 1 a 0.

Kanu foi mais uma vez o artilheiro: três gols e pediu a música “Bailão do Robyssão” – “A novinha não me quer só porque eu vim da roça”. Guilherme Mattis e o goleiro Wallace, que acertou um bonito sem pulo, completaram o placar.

Os vencedores ganharam dois litros de refrigerante como “troféu” e zoaram bastante os perdedores.

Os times: vencedores – Júnior Fernandez; Kanu, Diego Renan, Diogo Mateus, Guilherme Mattis, Robert, Jorge Wagner, André Castro, Pedro Ken, Marcelo Mattos, Pereira, Elton, Amaral, Wallace e o assistente técnico Régis Angeli; perdedores – Caique; Vander, Ramon, Vinícius, Romário, José Welison, Marcelo, Romário, Euller, Flávio, David, Matheus Salustiano, Rafaelson, Lucas Vinícius (assistente da preparação física), Gustavo (goleiros) e Wesley Carvalho (assistente técnico).

Na segunda parte do treino, Mancini liberou o grupo que jogou em Criciúma e comandou uma atividade em campo reduzido com os demais jogadores.

Foto:reprodução