Vitória vence o São Paulo

O sinal de alerta foi ligado no São Paulo, após mais uma derrota no Campeonato Brasileiro. Na noite deste sábado, jogando no Estádio Barradão, em Salvador, contra o Vitória, o Tricolor foi facilmente envolvido pela marcação dos donos da casa, e sauí de campo com a derrota por 3 a 2, em partida válida pela nona rodada.O Vitória, que não tem nada com isso, só comemorou, pois chegou aos 12 pontos, e assumiu a oitava posição. Enquanto isso, o São Paulo se manteve com os mesmos 11 pontos, mas caiu para a décima colocação, e vê seus planos bem abalados para o segundo semestre.

Foi fraco
Prejudicados por conta do péssimo estado do gramado, Vitória e São Paulo ficaram no empate durante o primeiro tempo. O time baiano abriu o placar logo aos 13 minutos, com um gol de cabeça de Elkson. A partir daí, o São Paulo foi para cima do Vitória e conseguiu o empate aos 38 minutos, com um belo gol de Jean.

Logo aos dois minutos, Egídio cruzou da esquerda, Schwenck finalizou em cima da marcação e a bola sobrou para Ramón, que chutou à esquerda do gol de Rogério Ceni. Depois, aos 11 minutos, Egídio invadiu a área pela esquerda e bateu cruzado. Rogério Ceni se esticou todo e espalmou pela linha de fundo, em uma bela defesa.

Depois de tanto pressionar, o Vitória conseguiu seu resultado. Aos 13 minutos, Egídio recebeu passe de Schwenck e cruzou na cabeça de Elkson, que sobiu muito e tocou para as redes de Rogério Ceni. Após sofrer o gol, o São Paulo se soltou e foi em busca do empate. Aos 21 minutos, em bola alçada na área do Vitória, Hernanes cabeceou com liberdade, mas mandou a bola à direita do gol de Viáfara.

O Vitória respondeu aos 29, com Fernando arriscando de longe e a bola passou muito perto do gol de Rogério Ceni, mas saiu pela linha de fundo. Depois, foi a vez do São Paulo chegar ao seu gol, e aos 38 minutos, Jean fez boa tabela na entrada da área e soltou o pé. Viáfara se esticou todo, mas não conseguiu evitar o gol de empate do tricolor.

Gols relâmpagos
O Vitória voltou com tudo no começo do jogo, e logo no primeiro minuto do segundo tem´po, após cruzamento na área do São Paulo, Schwenck tocou de cabeça no canto esquerdo de Rogério Ceni, que ainda tocou na bola, mas não conseguiu evitar o segundo gol do time baiano.

Aos 12 minutos, mais um belo presente para a torcida presente no estádio, que praticamente comemorava os três pontos do time da casa. Ramón recebeu passe de Elkson dentro da área, e bateu forte e cruzado, deslocando Rogério Ceni.

Reação?
Mas o São Paulo não se entregou e foi em busca da reação. Aos 16 minutos, em bola alçada na área do Vitória, Fernandão, bem posicionado, colocou para dentro do gol, diminuindo o marcador Aos 23 minutos, Cléber Santana apareceu com muita liberdade pela direita e cruzou, mas defesa do Vitória fez o corte na primeira trave.

O São Paulo continuava na pressão, e quase chegou ao empate. Aos 30 minutos, Fernandinho recebeu passe de Júnior César, invadiu a área e cruzou para trás. Fernandão finalizou de primeira e a bola passou muito perto do gol de Viáfara.

Próximos Jogos
Na próxima rodada, os dois times voltam a campo na quarta-feira, às 19h30. O São Paulo volta a jogar no Morumbi, contra o Grêmio Prudente, enquanto o Vitória segue jogando em casa, e vai encarar o Goiás.

FICHA TÉCNICA


Vitória 3 x 2 São Paulo

Local: Estádio Barradão, em Salvador-BA
Árbitro: Marcelo de Lima Henrique-RJ
Assistentes: Hilton Moutinho Rodrigues-RJ e Dibert Pedrosa Moises-RJ
Cartões amarelos: Schwenck e Vanderson (Vitória); Dagoberto e Júnior César (São Paulo)
Gols: Elkson aos 13’/1T, Schwenck a 1’/2T e Ramón aos 12’/2T (Vitória); Jean aos 38’/1T, Fernandão aos 16’/2T (São Paulo)

Vitória
Viáfara; Nino, Anderson Martins, Wallace e Egídio; Vanderson, Ricardo Conceição, Fernando (Neto) e Ramon (Renato); Elkson (Renan) e Schwenck
Técnico: Ricardo Silva

São Paulo
Rogério Ceni; Xandão, Miranda e Richarlyson; Jean, Rodrigo Souto, Hernanes, Marlos (Cléber Santana) e Júnior César; Dagoberto (Fernandinho) e Fernandão (Washington).
Técnico: Ricardo Gomes