Vitória e Ceará ficam no empate pelo Nordestão: 1 a 1

Jogando num Barradão praticamente vazio por conta do horário e da chuva, o Vitória empatou com o Ceará, por 1 a 1, e ainda não se garantiu matematicamente na segunda fase do campeonato do nordeste.

Atuando com Ricardo Silva no comando, terceiro uniforme, e o volante Fernando como capitão, o Rubro-negro foi melhor durante toda a partida e contou com um time mesclado de jogadores do júniores e atletas que não vem atuando no Brasileiro.

A primeira boa chegada do Vitória foi aos 28 minutos, com Thiago Humberto, que exigiu boa defesa de Adilson em cobrança de falta com violência. Aos 29, Schwenck fez bem o pivô e bateu forte, em cima do goleiro. Aos 33 minutos, não teve jeito, Jonas sofreu pênalti e o zagueiro Pablo recebeu o segundo amarelo e foi expulso. Na cobrança, Fernando bateu rasteiro de esquerda e fez 1 a 0.

O treinador Antônio Lopes assitia o jogo no camarote e viu o time visitante empatar logo aos 4 da segunda etapa. Bobeada da zaga Rubro-negra e gol de fora da área de Júnior Cearense que contou com o gramado molhado para bater Lee.

A partir do gol sofrido o Vitória foi pra cima e perdeu inúmeras chances de gol para vencer o jogo, principalmente com Schwenck e Soares que deram muito trabalho a zaga cearense. Apesar de ter um jogador a mais durante a maior parte do jogo, faltou pontaria para os jogadores Rubro-negros.

Vitória 1 x 1 Ceará
Campeonato do Nordeste – 13ª Rodada

Data: 20/10/2010 (Quarta-feira), às 18h40 (Horário de Salvador)
Local: Estádio Manoel Barradas, em Salvador (BA).
Arbitragem: Charles Habert Ferreira (AL), assistido por José Jaime Rocha Bispo e Lennon Maccartney Farias(AL).

 Vitória: Lee; Jonas, Gabriel Paulista, Alan Henrique (Dankler) e Sheldon; Lucas Garcia, Fernando (Marconi), Thiago Humberto (Edson) e Renato; Soares e Schwenk. Técnico: Ricardo Silva.

 Ceará: Adílson; Pablo, Anderson e Erivélton; Oziel, Eusébio, Camilo (Ceará), Luizinho (Paulinho), Júnior Cearense e Felipe (Arlindo Maracanã); Washington. Técnico: Edmundo Silveira.

Fonte: futebolbaiano.net