Vitória desperdiça chances e perde para o Atlético-GO no Serra Dourada

Dos males, o menor. Depois de desperdiçar chances claras, principalmente com Neto Berola, o Vitória acabou derrotado pelo Atlético-GO por 1 a 0, nesta quarta-feira (12), no Serra Dourada, pela primeira partida da semifinal da Copa do Brasil. Rodrigo Tiuí marcou o únigo gol da partida e o Dragão vai decidir a vaga em Salvador com vantagem.
O Vitória volta a encarar o Atlético-GO na próxima quarta-feira (19), desta vez no Barradão. Para chegar à final da Copa do Brasil, o Leão vai ter de vencer por dois ou mais gols de diferença. Se devolver o 1 a 0, a vaga será decidida nos pênaltis. Pelo Brasileirão, o Rubro-negro encara o Flamengo no próximo sábado (15), também no Barradão.
O técnico Ricardo Silva deixou de lado a retranca das últimas partidas e escalou um Vitória mais ofensivo do que de costume – Neto Berola e Júnior no ataque e Elkeson e Bida na criação. Mas foi um zagueiro que quase abriu o placar para o Leão no Serra Dourada. Aos quatro minutos, Reniê completa escanteio de cabeça, mas Márcio fez linda defesa.
O Rubro-negro assumiu as rédeas da partida e, com boa movimentação,  comandava as ações no ataque. Aos oito minutos, Júnior chegou à linda de fundo e bateu cruzado. A bola tirou tinta da trave do goleiro atleticano, que já estava batido no lance.
Aos poucos, o Atlético-GO resolveu se impor diante da sua torcida e começou a levar perigo. Aos nove, Robston teve grande chance de dentro da área, mas finalizou mal. Aos 17, foi a vez de Thiago Feltri arriscar de longe. Viáfara, atento, segurou.
O Dragão passou a comandar o jogo na segunda metade do primeiro tempo. Aos 32, Robston recebeu passe na entrada da área e tentou colocar. Nova defesa de Viáfara. A resposta do Leão era nos contra-ataques. Contava com a velocidade de Neto Berola, mas a individualidade do atacante atrapalhava. Aos 44, ele recebeu em boas condições na área, optou pelo drible e acabou desarmado, para revolta do técnico Ricardo Silva.
A segunda etapa começou equilibrada, mas um cochilo da defesa rubro-negra permitiu a alteração no placar. Aos nove minutos, Ayrton cruzou da direita. A bola atravessou toda a pequena área do goleiro colombiano até chegar aos pés de Rodrigo Tiuí, que não desperdiçou.
O gol acendeu a torcida atleticana no Serra Dourada, que pedia o segundo. Aos 28, Tiuí subiu após cruzamento e por pouco não desviou a bola para as redes. Acuado, o Vitória tinha dificuldades na saída de bola e quase não chegou ao gol adversário no segundo tempo. Ainda houve tempo de Elias receber cartão vermelho direto por entrada dura em Elkeson.
Atlético-GO 1 x 0 Vitória – semifinal da Copa do Brasil
Data: 12/05/2010
Estádio: Serra Dourada, em Goiânia
Público: 7.907 mil pagantes
Arbitragem: Heber Roberto Lopes (Fifa-PR) auxiliado por Altemir Hausmann (Fifa-RS) e Gilson Bento Coutinho (PR)
Atlético-GO: Márcio; Ayrton, Welton Felipe, Gílson e Thiago Feltri; Agenor, Pituca (Elias), Ramalho e Robston; Rodrigo Tiuí (Erandir) e Juninho (Marcão). Técnico: Geninho
Vitória: Viáfara; Neto Coruja, Wallace, Reniê e Maurim; Vanderson, Uelliton, Bida e Elkeson; Neto Berola (Bambam) e Júnior. Técnico: Ricardo Silva.
Fonte: Ibahia.com