Vitória conquista primeiro ponto fora do Barradão

Avaí e Vitória realizaram, na noite deste sábado, no Estádio da Ressacada, em Florianópolis –SC, uma partida muito disputada, no entanto, nenhuma das equipes conseguiu balançar as redes. O Avaí, jogando em casa, buscou o resultado desde o primeiro tempo, mas não soube aproveitar as chances que teve. Já o Vitória soube administrar o jogo e conseguiu segurar o empate. Com o resultado o Avaí é o sexto colocado com sete pontos e o Vitória fica coom a décima quinta colocação com apenas quatro pontos.

1º Tempo
O jogo começa com a duas equipes buscando o ataque. O Avaí, jogando em casa, administra bem a posse de boa e cria as primeiras oportunidades. O Vitória, no inicio do jogo, não consegue trabalhar as jogadas no setor de meio campo, com isso o Avaí cria a melhores oportunidades nos primeiros 10 minutos.

Em uma jogada na intermediária, o atacante Roberto recebe a bola na entrada da grande área do Vitoria e na tentativa de driblar o zagueiro é desarmado e não aproveita a jogada.

Reação
O Vitória melhora e aos 15 minutos cria uma oportunidade clara de gol. Após cruzamento rasteiro, o atacante Elkson deixa a bola passar para Ricardo Conceição o que livre de marcação finaliza, mas a bola explode no goleiro Zé Carlos é impede o gol do Leão da Ilha.

A partida segue equilibrada. Com uma oportunidade clara de gol, o Vitória se anima e passa a tentar mais o ataque e o Avaí busca aproveitar os contra ataques.

Avaí leva perigo nos contra-ataques
O Avaí segue explorando os contra-ataques e em uma jogada de velocidade pela lateral direita a bola é cruzada na área, mas o atacante Roberto não acerta a finalização e manda para fora.

O Vitoria responde com um levantamento na área, mas a zaga do Avaí afasta o perigo.

Pressão do Avaí
O time da casa, empurrado por sua torcida, passa a controlar mais o jogo e pressiona o Leão da Ilha. O camisa 9 recebe na entrada da área e chuta forte, no entanto, a bola explode no travessão. Na seqüência, após cobrança de lateral, Rudnei recebe dentro da pequena área e gira batendo pro gol, mas o goleiro Vinicius faz um milagre, atendo ao lance consegue uma boa defesa e impede o gol do Avaí.

O Vitória busca uma reação, entretanto, não leva perigo ao goleiro Zé Carlos, que passa a trabalhar menos na primeira etapa. Já a zaga do Vitória passa trabalhar mais na Ressacada para segurar o ataque do Avaí.

No final do primeiro tempo o rendimento das equipes cai e há muitos passes errados no setor de meio campo, com isso, ambas as equipes deixam de criar e terminam o primeiro tempo sem gols.

Segundo tempo…
Os técnicos mexem nas equipes. O técnico Péricles Chamusca, do Avaí, muda o setor defensivo ao substituir Rafael por Robson. Já o técnico Ricardo Silva, do Vitória mexe no ataque e tira Junior e coloca Schwenck.

O Avaí continua buscando o gol e pressiona o Vitória que começa a ter mais equilibro do jogo e sai mais para o ataque.

A primeira boa oportunidade do Leão da Ilha é com o atacante Elkson. A zaga do Avaí cometeu uma falta perigosa dentro da meia lua e, na cobrança, o atacante mandou para fora do gol de Zé Carlos que só teve o trabalho de ver a boa sair pela linha de fundo.

O Vitória, no inicio do segundo tempo, leva perigo para os donos da casa. Após desarme, a equipe baiana sai no contra-ataque, mas o atacante Elkison se atrapalha com a bola e a zaga do Avaí desarma a jogada.

A mudança do técnico Ricardo Silva deixa o setor ofensivo do Vitória mais agressivo e a equipe cresce na partida. Schwenck parte em velocidade pela lateral esquerda e cruza para Evandro, que também entrou no segundo tempo, e na finalização o goleiro Zé Carlos faz mais uma importante defesa impedindo o gol do Vitória.

Depois de assistir o Vitória quase abrir o placar, o Avaí sai em busca do gol e Roberto, aos 25 minutos, entra na área em velocidade, entre dois zagueiros, e manda uma bomba, mas acerta o gol de Vinicius.

A partida segue disputada. Os jogadores do Avaí tentam encontrar o gol, no entanto, as jogadas de ataque não causam efeito algum. O Vitoria é quem mais arrisca, mas também erra muito nas finalizações.

Aos 40 minutos acontece uma jogada polêmica, o camisa 11 do Vitória, Elkson,é derrubado dentro da área mais o juiz disse que a jogada foi normal e não houve inflação.

Próximos jogos:
Na próxima rodada do Brasileirão o Vitória enfrenta o Fluminense no Maracanã, no rio de Janeiro, na quarta-feira, às 19h30. No mesmo dia, o Avaí joga contra o Ceará no Castelão, no Ceará, às 21 horas.

Ficha técnica

Avaí 0 x 0 Vitória
Local: Estádio da Ressacada, em Florianópolis-SC
Data: 29/05/2010
Horário: 18h30
Árbitro: Marcelo de Lima Henrique-RJ (FIFA)
Cartões Amarelo: Anselmo Ramon (Avaí) Rodnei (Avaí)
Cartões Vermelho:

Avaí
Zé Carlos; Emerson Nunes, Rafael (Róbson) e Emerson; Marcos, Marcinho Guerreiro, Rudnei (Diego Orlando), Caio (Medina) e Patric; Roberto e Anselmo Ramon.
Técnico: Péricles Chamusca

Vitória
Vinicius; Jonas, Wallace, Reniê e Egídio; Vanderson, Ricardo Conceição, Bida (Neto) e Lenílson (Evandro); Elkeson  e Junior (Schwenck)
Técnico: Ricardo Silva

fonte: futebolinterior