Vitória 5 x 2 Americana – Leão ruge alto e encosta no G4

O Vitória confirmou sua reabilitação no Campeonato Brasileiro da Série B. Na noite desta sexta-feira, o time venceu sua segunda partida consecutiva ao golear o Americana, por 5 a 2, no Estádio do Barradão, em Salvador, pela 16.ª rodada. Essa foi a segunda vitória do técnico Vágner Benazzi no comando do Vitória, já que antes o time havia feito 2 a 0 sobre o Salgueiro, como visitante, em Pernambuco.

Dessa maneira, com mais três pontos conquistados, o Vitória chega aos 23 pontos e assume a sexta colocação, ficando muito próximo da zona de acesso à elite nacional. Por outro lado, o Americana segue em má fase. Esse foi o sexto jogo sem vitória (cinco derrotas e um empate) e com 21 pontos o time paulista já aparece na 12.ª colocação, se preocupando com a zona de rebaixamento.

Não tem como continuar…
No Americana, Toninho Cecílio está ameaçado no cargo e não deverá seguir no comando técnico. A diretoria da Águia estará cometendo um erro primário ao manter um treinador que não consegue mais tirar bons resultados do elenco. O momento é de mudança e se Cecílio continuar vai ser como assegurar uma das vagas na zona de rebaixamento ao término da competição.

Isso é fácil de compreender, pois basta ver as últimas campanhas do treinador por onde ele passou. No próprio Vitória e no Grêmio Prudente (atual Barueri), no qual os times foram rebaixados.

Rubro-negro na garra!
A torcida do Vitória preparou um protesto contra a campanha realizada pelo time, porém, o que se viu no primeiro tempo foi um elenco com vontade de vencer. Tanto é verdade que o Vitória logo abriu o placar. Aos sete minutos, Fábio Santos recebeu passe de Fernandinho e bateu no alto do gol defendido por Jailson para festa dos torcedores baianos: 1 a 0.

Ainda em festa, os torcedores do Vitória viram o empate acontecer três minutos depois. Aos dez, Válber cobrou falta para o meio da área e Thiago Gomes desviou de cabeaça. Antes da chegada do goleiro Fernando Leal, o atacante Charles se antecipou e completou também de cabeça para empatar o jogo no Barradão.

Os gols logo no começo davam a impressão de que o jogo seria extremamente emocionante, mas foi somente um engano. A partida caiu de ritmo e a emoção voltou a acontecer somente aos 39, quando o Vitória novamente ficou na frente do placar. Lúcio Flávio cobrou falta para o meio da área, Léo Fortunato tentou de cabeça, mas a bola bateu na zaga. No rebote, o zagueiro empurrou para dentro do gol: 2 a 1.

Com um a mais fica mais fácil…
Na etapa final, o Vitória foi ao ataque para tratar de liquidar o jogo, mas a defesa se esqueceu de fechar os espaços. Assim, o Americana conseguiu chegar ao empate de novo. Aos sete minutos, Charles recebeu dentro da área e tocou de calcanhar para André Luiz. O atacante com um leve toque deixou para Magal, que livre de marcação tocou na saída de Fernando Leal e igualou o placar: 2 a 2. Dois minutos mais tarde, o Vitória poderia ter feito o terceiro gol. Fábio Santos tentou de bicicleta, mas a bola foi pela linha de fundo do Americana.

Apesar da igualdade, o Vitória voltou a ficar em vantagem. Aos 14, Fernandinho cabeceou e o zagueiro Fernando colocou a mão na bola dentro da área. O árbitro Dewson Fernando Freitas da Silva, do Pará, assinalou a penalidade máxima. Lúcio Flávio cobrou o pênalti no canto esquerdo do goleiro Jailson, que caiu para a direita e fez o terceiro gol: 3 a 2.

A vantagem no placar já era boa, mas ficou ainda melhor para o Vitória quando o zagueiro Fernando foi expulso de campo e deixou o Americana com um jogador a menos. Assim, o time baiano teve a chance de fazer o quarto gol e definir logo a conquista de mais três pontos. Aos 18, Fernandinho cobrou falta com força da entrada da área e o goleiro Jailson fez uma linda defesa no canto direito.

No final do jogo, o Vitória ainda conseguiu mais dois gols para confirmar a goleada. Aos 47, Marquinhos recebeu cruzamento de Neto Coruja, driblou o goleiro Jailson e ampliou a vantagem. Dois minutos mais tarde, Marcelo fez grande jogada pelo lado direito, invadiu a área e tocou para Marquinhos. Com um toque primoroso, ele rolou para Geraldo que chutou forte para definir o placar.

Próximos Jogos!
Pela 17.ª rodada, os times voltam a campo na próxima terça-feira. O Vitória encara o Criciúma, às 19h30, no Estádio Heriberto Hulse, em Criciúma. Já o Americana recebe o Sport, às 21h50, no Décio Vitta, em Americana.

Local
Estádio Barradão , em Salvador (BA)

Árbitro
Dewson Fernando Freitas da Silva-PA

Assistentes
Márcio Corrêia Dias-PA e Adeilton Guimarães da Hora-AL

Cartões Amarelos
Vitória:Fernandinho, Fábio Santos
Americana:Thiago Gomes, Charles

Cartões Vermelhos
Americana:Fernando

Gols
Vitória: Léo Fortunato 39′ 1T, Lúcio Flávio 14′ 2T, Fábio Santos 7′ 1T, Marquinhos 47′ 2T, Geraldo 49′ 2T
Americana: Magal 7′ 2T, Charles 10′ 1T

Vitória

Fernando Leal;
Nino, Gabriel, Léo Fortunato e Fernandinho;
Esdras (Neto Coruja), Zé Luis, Uelliton e Lúcio Flávio (Geraldo);
Marquinhos e Fábio Santos (Marcelo).

Técnico: Vagner Benazzi

Americana

Jaílson;
Henrique, Thiago Gomes e Fernando;
Paulinho Dias, Gercimar (Júlio César), Léo Silva, Válber e Magal;
Marcinho (André Luiz) e Charles (Kássio).

Técnico: Toninho Cecílio