Publicidade


Vitória 4 x 1 Bragantino – Leão goleia e figura no G4 pela primeira vez na Série B

O Vitória, pela primeira vez nesta temporada, está no G4 do Campeonato Brasileiro. Na noite desta sexta-feira, o time baiano venceu o Bragantino, por 4 a 1, no Estádio de Pituaçu, em Salvador, pela décima rodada, e conseguiu a vaga entre os quatro melhores times da competição. Diferente dos demais jogos como mandante, o Leão não mandou seu jogo no Barradão, que passa por reformas.

Dessa forma, o time baiano se reabilita da derrota diante do Barueri, por 1 a 0, na última semana. Com 17 pontos, o Vitória aparece na quarta colocação. Por outro lado, o Bragantino segue fazendo uma campanha ruim e, com somente nove pontos, aparece na vice-lanterna, à frente somente do Duque de Caxias, com três pontos, e que é o único sem vencer na competição.

Bom jogo!
O primeiro tempo foi bastante movimentado, com três gols e uma expulsão. O Vitória começou melhor e logo abriu 2 a 0, mas depois não conseguiu manter o ritmo e viu o Bragantino empatar e, ainda, criar chances para empatar. No final, o time paulista perdeu Otacílio Neto, expulso após reclamar de uma falta com o árbitro. O time paulista chegou primeiro ao ataque. Aos três minutos, Carlos Alberto chutou da entrada da área e o goleiro Felipe Alves defendeu no canto direito baixo.

O Vitória acelerou na saída de bola do campo de defesa e, aos cinco, abriu o placar. Marcelo recebeu passe de Geovanni dentro da área e bateu cruzado na saída de Gilvan para abrir o placar em Pituaçu: 1 a 0. O Braga quase chegou ao empate aos sete. Deyvid Sacconi cobrou falta com perigo e a bola passou perto da meta do Vitória para susto dos torcedores que compareceram em bom número ao estádio.

Em ritmo acelerado, o time baiano chegou ao segundo gol. Aos 15, Marcelo recebeu dentro da área e foi derrubado por Felipe. O árbitro marcou a penalidade máxima. Neto Baiano cobrou no centro do gol e Gilvan caiu para o lado esquerdo: 2 a 0. O Bragantino não se abateu e três minutos depois diminuiu. Deyvid Sacconi arriscou da intermediária e acertou o canto direito de Felipe Alves para marcar o primeiro dos paulistas.

Ainda em vantagem, o Vitória teve a chance de fazer o terceiro gol. Aos 32, Neto Baiano desviou de cabeça e Gilvan espalmou pela linha de fundo. Quatro minutos mais tarde, Geovanni tabelou com Neto Baiano, recebeu dentro da área e chutou colocado. O goleiro do Braga defendeu e evita o terceiro gol dos baianos. Aos 42, Otacílio Neto deixou o Bragantino com um a menos após se expulso. Três minutos mais tarde, o time paulista quase empatou. Deyvid Sacconi cobrou falta no canto esquerdo e Felipe Alves fez a defesa.

Pra fechar a contagem!
No segundo tempo, o técnico Marcelo Veiga tratou de colocar mais um defensor em campo para tentar suprir o fato de ter um jogador a menos. Apesar disso, a tática do treinador paulista não deu certo, já que Geninho colocou em campo mais um atacante: Edu. E foi justamente o atacante do Vitória o autor do terceiro gol. Aos cinco minutos, Edu aproveitou cruzamento do zagueiro Maurício e cabeceou livre para o fundo das redes.

Com dois gols de vantagem e um jogador a mais, o Vitória passou a atuar em ritmo de treino, mas ainda assim poderia ter ampliado o placar. Aos 14, Zé Luis escorou de cabeça o cruzamento de dentro da pequena área e a bola acertou o travessão do gol de Gilvan. Quatro minutos depois, Nino ficou com o rebote pelo lado direito e chutou de primeira, mas a bola saiu pela linha de fundo.

O time da casa, na base da tranquilidade, ainda chegou ao quarto gol. Aos 42, Fernandinho aproveitou o rebote de Gilvan e empurrou para dentro do gol. O goleiro do Braga ainda tentou evitar, mas a bola já havia passado a linha de gol e o árbitro confirmou o lance para festa baiana em Pituaçu.

Próximos Jogos!
Pela 11.ª rodada, o Vitória volta a campo na próxima sexta-feira, às 21 horas, quando encara o Goiás, no Estádio Serra Dourada, em Goiânia. Por outro lado, o Bragantino recebe o Sport, no sábado, às 16h20, no Estádio Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista.