Vitória 2 x 0 Grêmio Prudente: Pra não entrar na zona da degola

Contando com o apoio de sua torcida, que lotou o Barradão, o Vitória passou pelo Grêmio Prudente, por 2 a 0. Neste domingo à noite, no fechamento da 30.ª rodada do Campeonato Brasileiro. O time paulista, já de olho em 2011, continua segurando a lanterninha, com 21 pontos e condenado à Série B.

O rubro-negro baiano, com 34 pontos, encerrou a série de cinco derrotas seguidas e se mantém fora da zona de rebaixamento, em 15.º lugar. Em 15 jogos em casa, venceu seis, empatou seis e perdeu três vezes, para Botafogo, Fluminense e Grêmio.

Início esperado
O primeiro tempo teve um cenário já esperado. O desesperado Vitória, reanimado por sua torcida, entrou em campo decidido a encerrar a má fase e a também confirmar seu favoritismo diante do lanterna. Em campo, o rubro-negro teve mais domínio e foi melhor.

Só teve, porém, duas boas chances. Aos 22 minutos, Schwenck completou o cruzamento e Giovanni fez grande defesa. E aos 31 minutos, de novo, Schwenck, desviou de cabeça e a bola passou perto da trave, dando um susto em Giovanni.

O Prudente entrou em campo priorizando a marcação. E só arriscou dois chutes de longa distância, que não preocuparam o goleiro Viáfara. O gol saiu aos 41 minutos, depois do lance polêmico de pênalti.

O primeiro gol do Vitória foi polêmico, porque saiu num pênalti que não ficou caracterizado. O atacante Schwenck se enroscou com o zagueiro Anderson Luís e o juiz marcou o pênalti. Na cobrança, o goleiro Viáfara, que voltou no lugar de Lee, bateu com categoria, deslocando Giovanni e mandando a bola no canto.

Nada mudado
Para o segundo tempo, o Prudente voltou com Rhayner, revelação do time “B” na vaga de Adriano Pimenta. Mas em campo, o Vitória continuou tendo o domínio das ações.

E apertou Giovanni duas vezes antes de marcar o segundo gol, aos 24 minutos. E saiu dos pés do artilheiro Junior, que tinha entrado no lugar de Schwenck. A torcida tinha pedido, aos gritos, a entrada do artilheiro, que não perdoou. Ele apareceu na pequena área apenas para completar o cruzamento de Adailton, que fez jogada individual pelo lado direito da grande área. O jogo estava liquidado.

Próximos jogos
A 31.ª rodada será realizada no próximo final de semana. NO sábado, o Vitória vai enfrentar o Botafogo, a partir das 18h30, no Engenhão, no Rio de Janeiro. No domingo, no mesmo horário, o Grêmio Prudente vai enfrentar o Santos, na Vila Belmiro, em Santos.

FICHA TÉCNICA

Vitória 2 x 0 Grêmio Prudente

Local: Estádio Barradão, em Salvador (BA)
Renda: R$ 227.325,00
Público: 27.199 total (16.325 pagantes)
Árbitro: Edivaldo Elias da Silva (PR)
Auxiliares: Ivan Carlos Bohn (PR) e José Carlos Dias Passos (PR)
Cartões amarelos: Nino Paraíba e Schwenck (Vitória). Diego, Anderson Luís, Sasha e Wesley (Prudente).
Gols: Viáfara, pênalti, aos 41’/1T. Junior, aos 24’/2T

Vitória
Viáfara; Nino Paraíba, Wallace, Anderson Martins e Rafael Cruz; Vanderson, Bida, Ramon (Ricardo Conceição) e Elkeson (Jackson); Adailton e Schwenck (Junior).
Técnico: Antônio Lopes.

Grêmio Prudente
Giovanni; Roberto, Anderson Luís, Diego e Arthur; Anderson Pedra, Sasha, João Vitor (Gilmar) e Adriano Pimenta (Rhayner); Wesley e Wanderley (William).
Técnico: Fábio Giuntini