Publicidade


Vitória 1 x 0 ASA: Triunfo devolve esperança na classificação à Série A

Após duas partidas seguidas sem vencer, o Vitória espantou o início de má fase e terminou o primeiro turno da série B com vitória. O adversário deste sábado, no Estádio do Barradão, em Salvador-BA, foi o ASA-AL, que foi derrotado por 1 a 0, em partida válida pela 19ª rodada da competição. Esta foi a oitava derrota do time alagoano como visitante, que em dez partidas em território adversário não venceu nenhuma e apenas empatou em duas oportunidades.

Depois de perder para o Criciúma (2 a 1) e empatar com o São Caetano (2 a 2), o Vitória voltou a vencer e chegou aos 27 pontos, na nona posição. O ASA-AL, que vinha de vitória sobre o Bragantino (2 a 1) sofreu sua nona derrota e está na décima colocação, também com 27 pontos.

Vitória abre o placar…
Diante dos seus torcedores, como era de se sesperar, o Vitória começou o jogo partindo para cima do ASA-AL. logo aos dois minutos o time Rubro-Negro teve uma excelente oportunidade com Lúcio Flávio. Na base da velocidade, após troca de passes entre Neto Baiano e Marquinhos, o meia chego batendo, mas a bola passou à esquerda da meta do goleiro Gilson.

desde o início o Vitória se manteve mais presente no ataque e quase marcou com o atacante Neto Baiano, aos oito minutos. Após receber na entrada da área, o atacante finalizou, a bola tocou na zaga e explodiu da trave da meta do Asa.

A pressão Rubro-Negro seguia forte e aos dez minutos o time bainao chegou a abrir o placar, com Fernandinho, mas a arbitragem apontou impedimento, anulando o lance. O ASA não conseguia sair do se campo de defesa e sofria com a marcação em cima do Vitória.

A insistência do Vitória deu resultado e o time conseguiu abrir o placar aos 19 minutos, quando Uelliton lançou o atacante Neto Baiano, que entrou na área e tocou por cima do goleiro Gilson, abrindo placar e fazendo a festa da torcida no Barradão.

O primeiro lance de perigo promovido pelo ASA foi aos 28 minutos, quando, após cobrança de escanteio, o zagueiro Toninho subiu mais que todo miundo e cabeceou para ótima defesa de Fernando. No rebote, Raulen dividiu com a defesa Rubro-Negra e pressionado, acabeou chutando para fora.

Mas o Vitória não demorou à responder. Aos 33 minutos, após linda jogada individual, o meia Marquinhos passou pelo zagueiro Thiago e bateu na saída de Gilson, que creseceu na frente n]do meia e fez grande defesa.

No final, aos 45 minutos o Vitória teve mais um gol anulado pela arbitragem. Após jogada ensaiada do Vitória, Lucio Flavio cobrou falta, Marquinhos escorou e Mauricio empurrou para dentro, mas o assistente levantou a bandeira, apontando impedimento.

Fraco, mas o Vitória vence
Diferentemente do começo do primeiro temo, nestya segunda etapa o Vitória não começou com a mesma velocidade. Apesar disso, logo aos três minutos Nino Paraíba fez boa jogada individual e arriscou da entrada da área. O goleiro Gilson, bem colocado, espalmou para fora.

Na sequência o jogo ficou truncado e com a disputa centralizada no meio-campo. O ASA conseguiu sair mais para o ataque e chegar perto da área do Vitória, porém não conseguia criar possibilidades para chutar. O vitória não repetiu a mesma atuação da preimeira etapa e pouco levou perigo para o goleiro Gilson.

As melhores oportunidades criadas foram de bola parada. O ASA teve duas oiportunidades em cobrançlas de falta realizadas por Raúl, porém os atacante não aproveitaram para marcar. o Vitória também teve suas chances. A melhor foi aos 31 minutos, quando Marquinhos conbrou escanteio e Mauricio subiu para cabecear, mas mandou a bola pela linha de fundo.

Próximos jogos…
Pela abertura do segundo turno da Série B, o Vitória volta a campo na próxima terça, quando enfrenta o Vila Nova, no Estádio Serra Dourada, em Goiânia-GO, a partir das 20h30. O ASA-AL, por sua vez, recebe a Ponte Preta, também na terça-feira, às 20h30, no Estádio Municipal de Arapiraca, em Arapiraca.