Venezuela encara o ‘invicto’ Paraguai

Antes da Copa América, poucos apostavam que a Venezuela passaria da primeira fase. Quem afirmasse que a seleção chegaria à semifinal seria taxado de louco. Pois bem, a Viñotinto está a um jogo da final. Basta vencer o Paraguai, nesta quarta-feira, às 21h45, em Mendoza, cidade localizada na pré-Cordilheira dos Andes e produtora dos melhores vinhos argentinos.

Segundo os venezuelanos, a vitória épica sobre o Chile ficou para trás. O pensamento é manter a mesma toada e deixar o favoritismo para o adversário.

– Estamos muito felizes e orgulhosos. Fizemos história com nossa classificação, mas agora queremos mais contra o Paraguai – disse o meia González.

O meia Lucena, expulso no último duelo, é o único desfalque da Vinho Tinto. Seijas ou Di Giorgi estão de prontidão para substituí-lo.

Pelo lado da Albiroja, nenhuma vitória na competição. Os quatro empates incomodam. De acordo com o treinador César Martino, é hora de vencer.

– Devemos ter mais do que entrega para chegar à final de domingo. Avaliaremos o trabalho ao final da competição. No momento, não há mais nada importante do que a partida de quarta-feira.

A dúvida de Martino fica por conta d o atacante Roque Santa Cruz. Se ele for escalado, Valdez ou Lucas Barrios, que não foram bem contra o Brasil, podem perder a vaga;

FICHA TÉCNICA:

PARAGUAI X VENEZUELA

Local: Malvinas Argentinas, em Mendoza (ARG)
Data e hora: 20 de julho de 2011, às 21h45 (horário de Brasília)
Árbitro: Francisco Chacón (MEX)
Assistentes: Leonel Leal (COS) e Humberto Clavijo

PARAGUAI: Villar, Verón, Da Silva, Piris e Torres; Vera, Cáceres, Riveros e Estigarribia; Valdez e Lucas Barrios (Santa Cruz): Técnico: Gerardo Martino.

VENEZUELA: Vega, Rosales, Perozo, Vizcarrondo e Cichero; González, Di Giorgi (Seijas), Rincón e Arango; Maldonado e Fedor. Técnico: César Farías.