Vitória vence Tricolor por 7 a 3, na Arena Fonte Nova e fica

Nem o mais otimista torcedor do Vitória poderia imaginar. A supremacia do Vitória era evidente. Seis jogos de invencibilidade diante do rival com direito a uma goleada histórica na inauguração da Fonte Nova. Mas o pensamento era de que, na final, a história poderia ser diferente. Não foi. O terceiro Ba-Vi do ano foi exatamente quando o Vitória encontrou a maior facilidade dos clássicos em 2013. Nem parecia o primeiro jogo da decisão do Campeonato Baiano. Melhor para o Rubro-Negro, que venceu por 7 a 3 e abriu larga vantagem para voltar a levantar a taça estadual.
A supremacia rubro-negra foi, mais uma vez, sacramentada pelos números. Em um momento mais do que especial. Nesta segunda-feira, o Vitória completa 114 anos de fundação. Gabriel Paulista, Dinei (quatro vezes), Fabrício e Maxi Biancucchi deram os presentes tão esperados pela torcida – Fernandão fez dois, e Adriano, o terceiro do Bahia. O Leão só perde o título baiano se for derrotado por cinco gols de diferença no Ba-Vi do próximo domingo, no Barradão. Por ter feito a melhor campanha entre os dois, leva a vantagem do empate no placar agregado.

(Foto: Erik Abel/Agência Estado)

Fonte:globoesporte