Tricolor apático!

Com um futebol bastante eficiente, o Grêmio explorou os erros defensivos do Bahia nesta noite de quinta-feira (17) e venceu o tricolor baiano, por 2 x 1, dentro do Pituaçu, pela partida de ida das quartas de final da Copa do Brasil. Com este resultado, os baianos precisam vencer por dois gols de diferença, na semana que vem, no Olímpico, para conseguir a classificação à próxima fase da competição.

Foto: Max Haack / Bahia Notícias

 

Tricolor abre o placar, vacila e cede o empate
Consciente taticamente e perigoso em jogadas de bola área, o Grêmio não passou por muitas dificuldades durante os primeiros quarenta e cinco minutos de partida, mesmo atuando na casa do adversário. Os mandantes, por sua vez, erraram passes, principalmente na saída de bola.

E, deixando muitos espaços em sua defesa, a equipe de Falcão sofreu o primeiro susto aos 19 minutos. O meia gremista Léo Gago conseguiu driblar o volante Diones e soltou a bomba no canto de Marcelo Lomba, que fez uma excelente defesa, confirmando a boa fase que vive no Fazendão.

Mas, mesmo com o domínio gaúcho, quem saiu na frente do placar foi atual campeão baiano, aos 21. Depois de receber um lançamento na ponta direita, Gabriel penetrou na grande área e cruzou para o meio da confusão. Gilberto Silva tentou cortar o lance e a bola sobrou nos pés de Júnior, que empurrou para o fundo das redes, fazendo a festa no Pituaçu.

Contudo, sem desespero, o Grêmio passou a pressionar o tricolor e em uma jogada de bola parada chegou ao empate. Aos 38, Fernando cobrou falta da intermediária e o desvio na barreira enganou Lomba, que nem saiu na foto, tirando totalmente sua oportunidade de salvar o tricolor.

Bahia joga melhor, mas volta a errar na defesa perde o confronto
Diferente da etapa inicial, o Bahia retornou para o segundo tempo com outra postura e logo aos dois minutos por pouco não volta a ficar na frente do marcador. Gerley resolveu arriscar em cobrança de falta, assustando o goleiro Victor, que fez o golpe de vista e quase se deu mal na jogada.

Poucos minutos depois, foi a vez do grandalhão Rafael Donato tirar tinta da trave do arqueiro gremista. Após receber cruzamento na medida de Gabriel, o defensor subiu mais que a zaga gaúcha e testou firme, na linha de fundo.

Porém, quando tudo parecia se encaminhar para um gol dos mandantes, o Grêmio resolveu aprontar. Aos 27, Léo Gago cruzou na área e Lomba cortou mal. A bola sobrou para Marco Antônio chutar cruzado para Naldo estufar as redes adversárias, virando o jogo e dificultando muito a vida dos baianos.

A partir daí, o Bahia partiu para o desespero e passou a deixar ainda mais espaços em sua defesa. O Grêmio procurou administrar e sair em rápidos contra-ataques, criando algumas ótimas chances de ampliar ainda mais a vantagem para o segundo duelo em Porto Alegre, mas ficou apenas nisso.

COPA DO BRASIL
Bahia 1 x 2 Grêmio
Local: Estádio de Pituaçu, em Salvador (BA)
Data: 17/05/2012
Árbitro: Alicio Pena Junior
Auxiliares: Guilherme Dias Camilo e Cleriston Clay Barreto Rios

Bahia: Marcelo Lomba; Madson, Titi, Rafael Donato, Gerley; Fahel (Morais), Hélder, Diones, Gabriel; Lulinha e Júnior (Vander). Técnico: Paulo Roberto Falcão.

Grêmio: Victor; Edílson, Gilberto Silva, Naldo, Pará; Fernando, Souza (Vilson), Léo Gago (Marquinhos), Marco Antônio; Marcelo Moreno (Leandro) e André Lima. Técnico: Vanderlei Luxemburgo.

Fonte: Bahia Notícias