Treinadores pressionados

A partida deste domingo entre Bahia e Flamengo, às 16 horas, no estádio de Pituaçu, tem tudo para ser um jogo de muitas emoções, como rege a história deste clássico do futebol brasileiro.

Com expectativa de casa cheia (até sexta-feira, haviam sido vendidos mais de 21 mil ingressos), as duas equipes passam por momentos turbulentos neste início da Série A e um resultado negativo no confronto pode até custar o emprego dos treinadores Paulo Roberto Falcão (Bahia) e Joel Santana (Flamengo).

Dentro da zona de rebaixamento, ocupando a 17ª posição, o Bahia conta com um triunfo para deixar a incômoda posição na tabela e, quem sabe, começar uma reação na competição.

Após o fraco desempenho no último jogo, quando o tricolor baiano perdeu para o Botafogo no Engenhão por 3 a 0, Falcão fará uma modificação na equipe: sai o atacante Elias e entra o volante Diones.

Com isto, Falcão troca o tradicional 4-4-2 pelo esquema da moda (que também vem sendo usado pela Seleção Brasileira) 4-2-3-1, deixando Souza como única referência no ataque tricolor, mas liberando os meias Kléberson, Mancini e Gabriel para aparecerem como opções ofensivas.

Joel – Do lado do Flamengo, o técnico Joel Santana está longe de ser uma unanimidade no comando do rubro-negro carioca. O início irregular na Série A, onde o time ocupa apenas o nono lugar, aliado as decepcionantes participações na Libertadores e no Campeonato Carioca, deixaram o Papai Joel sob constante questionamento, com a imprensa já especulando alguns nomes para o seu lugar.

No jogo em Salvador, Joel não vai poder contar com o atacante Vagner Love e volante Bottinelli, ambos suspensos, além do zagueiro González, vetado pelo departamento médico.

A boa notícia para os torcedores do rubro-negro carioca é a estreia do lateral-esquerdo Ramon, contratado junto ao Corinthians. O jogador foi regularizado na última sexta-feira, 13, na CBF e começará o jogo em Pituaçu. A partida também marca o retorno do atacante Deivid, que ficou fora do time titular do Flamengo por um mês.

Reencontro – Outra expectativa do jogo é saber como será a reação da torcida do Bahia ao encontro técnico Joel Santana, que deixou o tricolor baiano no início de fevereiro justamente para assumir o Flamengo.

Apesar o “episódio sardinha” ainda não ter sido totalmente esquecido pela torcida do Esquadrão, além da troca do início do ano, o Joel acha que a torcida irá receber o “Papai” muito bem em Pituaçu.

“Sou filho da terra e ninguém trata mal um filho. Aliás, um papai! Ainda vou morar na Bahia. As pessoas não levam fé quando falo, mas vou mesmo”, declarou o treinador em entrevista, onde ainda afirmou querer a faixa de campeão baiano, por ter comandado o time em quatro jogos do Estadual.

“Em 2011, tiramos o time do rebaixamento, levamos a uma competição internacional depois de muito tempo e, este ano, deixamos o time pronto para ser campeão baiano. Acho que tenho um pedaço disso aí, né? Quero minha faixa de campeão!”.

Bahia x Flamengo – 9ª rodada da Série A

Bahia: Marcelo Lomba; Fabinho, Danny Morais, Titi e Hélder ; Fahel, Diones, Kléberson, Gabriel e Mancini; Souza. Técnico: Paulo Roberto Falcão.

Flamengo: Paulo Victor, Luiz Antonio, Marllon, Arthur Sanches e Ramon; Airton, Ibson, Renato e Adryan; Deivid e Hernane. Técnico: Joel Santana.

Local: Estádio Roberto Santos (Pituaçu), em Salvador (BA)
Data: Domingo, 15 de julho.
Horário: 16h
Árbitro: Francisco Carlos Nascimento (Fifa-Al)
Assistentes: Fabiano da Silva Ramires (Aspirante Fifa-Al) e Otávio Correia de Araújo Neto (CBF-Al).

Fonte: A Tarde