Publicidade


Tudo pronto para mais um BAVI

Sem fugir do tradicional, os técnicos Ricardo Silva, do Vitória, e Renato Gaúcho, do Bahia, optam pelo esquema 4-4-2 para armar suas equipes no clássico deste domingo, 28, em Pituaçu. Apesar da preferência pela mesma fórmula, dentro de campo a armação dos dois times é totalmente diferente, até pelo material humano que cada comandante tem à disposição.

No Vitória, a falta de um lateral esquerdo de origem, desde que Egídio se contundiu, obriga Ricardo a colocar Rafael Granja improvisado no setor. A mudança, que  pode ser desfeita caso Valmir, ainda  sem muito ritmo de jogo, atue como titular, sobrecarrega a maioria das jogadas pela lateral direita.

Nesta posição, existem duas boas opções: Nino Paraíba, com o trunfo da velocidade, e Marcos Pimentel, com mais precisão nos cruzamentos e bons chutes de fora da área.

No Bahia, as laterais são uma verdadeira “faca de dois gumes“. Apodi e Ávine têm forte vocação ofensiva, o que pode ajudar no apoio ao ataque, mas em contrapartida deixam enormes espaços nas suas costas, sobrecarregando a defesa. Os dois ainda não atuaram juntos, e Renato não está preferindo arriscar um esquema tão ofensivo logo de início, ainda mais em um clássico.

Caso prevaleça a cautela do comandante, Diego pode ser lançado com a camisa 6, fazendo sua estreia pelo tricolor. Daniel, que vinha sendo titular, nem vai para o banco. Na direita, Apodi está confirmado para estar em campo neste domingo, contra seu ex-clube.

Vitória x Bahia
Campeonato Baiano – 1ª fase – 10ª rodada
Data:
28/02/2009 (domingo), às 17h
Local: Estádio Roberto Santos, em Salvador
Arbitragem: Arilson Bispo da Anunciação, auxiliado por Alessandro Álvaro Rocha Matos e Raimundo Carneiro de Oliveira

 Bahia: Fernando; Apodi, Nen, Vagner e Diego (Ávine); Leandro, Marcone, Abedi e Rogerinho (Ananias); Edilson e Rodrigo Gral. Técnico: Renato Gaúcho

 Vitória: Viáfara; Nino Paraíba, Wallace, Anderson Martins e Valmir; Vanderson, Uelliton, Bida (Rafael) e Ramon; Adailton e Schwenck (Júnior). Técnico: Ricardo Silva