Treinador testa três formações diferentes em atividade

 

 

Com tempo de sobra até o próximo jogo do Bahia, marcado para 20 de março, pela segunda fase do Campeonato Baiano, o técnico Jorginho tem aproveitado o tempo para dar mais atenção ao setores do time. Nesta terça-feira, a bola da vez foi o sistema ofensivo. Durante todo o treinamento, o técnico observou com atenção e orientou bem os laterais, jogadores do meio de campo e atacantes do Bahia.

O início da atividade mostrou o que pode ser uma tendência para o treinador. Em vez de Souza, tido até então como o homem de referência no ataque tricolor, Jorginho optou por escalar Obina. O treinamento contou ainda com os laterais Jussandro e Neto, os volantes Diones e Hélder e os atacantes Adriano, Ryder e Obina. Na segunda parte da atividade, Paulo Rosales e Souza entraram nos lugares de Ryder e Obina, respectivamente.

Jorginho paralisou o treinamento a todo instante para orientar os jogadores. No decorrer da atividade, novas mudanças. Ao final dos trabalhos, o suposto time titular estava com a seguinte formação: Neto, Diones, Hélder, Magal, Paulo Rosales, Adriano, Obina e Souza.

Enquanto Jorginho orientava os jogadores do sistema ofensivo, o restante do elenco realizava um trabalho técnico em campo reduzido. Eliminado na primeira fase da Copa do Nordeste, o Bahia continua na intertemporada. O elenco volta a treinar na manhã desta quarta-feira, no Fazendão.

Fonte:Raphael Carneiro

Globoesporte