Publicidade


Thomas Muller resolve, Alemanha sofre para vencer Escócia

Ninguém é tão decisivo para a seleção alemã como Thomas Muller.

Nesta segunda-feira, no Hampden Park (Glasgow), o atacante do Bayern de Munique fez dois gols e ainda deu a assistência para Gundogan garantir a suada vitória da atual campeã mundial contra a Escócia por 3 a 2 pela oitava rodada do grupo D das eliminatórias para a Eurocopa de 2016.
Com o resultado, a Alemanha segue na liderança de sua chave com 19 pontos, com dois de vantagem para a Polônia (que atropelou Gibraltar por 8 a 1) e quatro à frente da Irlanda (que derrotou a Geórgia por 1 a 0), e está a uma vitória de carimbar sua classificação para o torneio continental. Já os escoceses perderam contato com os irlandeses, estacionam nos 11 e estão quase eliminados.

A equipe de Joachim Low abriu o placar aos 18 minutos de jogo com Muller, que chutou de fora da área e contou com desvio para vencer o goleiro David Marshall.

Dez minutos depois, a Escócia empatou em um gol contra bizarro: após cobrança de falta, Manuel Neuer espalmou a bola em cima de Mats Hummels.

Aos 34, o camisa 13 alemão voltou a aparecer aproveitando rebote e fez o segundo gol alemão. Mas, pouco antes do intervalo, McArthurt igualou o marcador novamente em um belo chute de fora da área.

O gol da vitória da Alemanha aconteceu aos 9 minutos da etapa final com Gundogan, que recebeu passe de Muller dentro da área e fechou o placar.

O jogador do Bayern fez 13 gols e deu quatro assistências em 16 jogos desde a campanha vitoriosa na Copa do Mundo do Brasil em 2014.

Agora, a Alemanha poderá garantir sua classificação caso vença a Irlanda em visita no dia 8 de outubro ou diante da Geórgia três dias depois em casa.