Tartá ou Rildo?

Tartá ou Rildo? Essa é a única dúvida do técnico do Vitória, Ricardo Silva, para a partida contra o Botafogo, nesta quarta-feira (2), às 21h50, no estádio Manoel Barradas, pelo jogo de ida da Copa do Brasil. Entrando bem em todas as oportunidades que teve, o meia, emprestado pelo Fluminense, tem grandes chances de iniciar o confronto.

Foto: Maurício Naiberg / Bahia Notícias

 

– A única dúvida é entre Rildo e Tartá. Tenho em minha cabeça o que quero, mas vou deixar para decidir momentos antes do jogo. O restante do time é o mesmo que venceu o Feirense no sábado. Velocidade os dois tem. Rildo joga mais na vertical e é mais atacante que Tartá, que recompõe bem o meio. Vou pensar melhor para a equipe – disse.

De acordo com o treinador, o alvinegro tem um grande time e vai dar trabalho ao Leão durante os noventa minutos.

– O Botafogo tem um grande plantel e sabemos das dificuldades que nós vamos ter, mas eles também terão. O Vitória tem grandes jogadores, que precisam entrar em campo sem medo nenhum. Eles sabem que vão enfrentar uma grande equipe, que é o Vitória – elogiou.

Ricardo ainda explicou as ausências do zagueiro Gabriel e do lateral-direito Romário na lista de relacionados para o duelo. Segundo ele, os dois precisam mostrar que estão recuperados das suas respectivas lesões.

– Romário vem de uma contusão também e Gabriel ficou mais de um mês parado. A equipe vem bem e ganhando. Temos que ver os dois em coletivo para saber como estão. Na quinta-feira haverá um jogo-treino e seria prematuro colocá-los em campo assim, voltando de lesões – afirmou.

Fonte: Bahia Notícias