STJD pune Ruy Accioly por 60 dias pelo caso da ‘mala branca’

Abriu a boca, se deu mal. No julgamento do caso mala branca envolvendo o Bahia em 2009, na noite desta terça-feira, 23, no STJD, um dos punidos foi o presidente do conselho deliberativo do Bahia, Ruy Accioly. Foi ele quem tornou público o fato, em entrevista a uma rádio.

Os jogadores Sérgio Manoel, Robson e Jerônimo, do Bragantino, clube que recebeu o ‘incentivo do Bahia’ para vencer o América-RN, concorrente do Tricolor na luta contra o rebaixamento na Série B de 2009, foram multados em R$ 500 cada.

Após o inquérito instaurado, o STJD chegou à conclusão de que não houve “mala branca”. Durante as investigações, dirigentes e jogadores foram convocados a prestar depoimento e não compareceram, o que resultou em denúncias e mais problemas na Justiça Desportiva.

fonte: galaticosonline