Publicidade


Sport 4 x 0 Vitória: Benazzi erra e Vitória é goleado

O Sport entrou de vez na briga pelo acesso no Campeonato Brasileiro da Série B. Apoiado por quase 30 mil torcedores, o time pernambucano atropelou o Vitória, por 4 a 0, na tarde deste sábado, em Recife. O resultado mantém o tabu do clube baiano, que nunca ganhou na na Ilha do Retiro; são nove derrotas e sete empates.

Além disso, o Sport garantiu sua entrada na zona de acesso, com essa vitória. O time assumiu o quarto lugar, com 43 pontos, deixando para trás o Americana. E a grande fase do clube pernambucano não para por aí. O time chegou ao oitavo jogo sem derrotas, sendo seis vitórias e apenas dois empates.

Por outro lado, o Vitória fica em situação complicada, na luta pelo acesso. O time baiano, agora, figura apenas no oitavo lugar, com 36 pontos; sete abaixo do G4. O clube também perdeu uma invencibilidade de sete rodadas (três vitórias e quatro empates).

Ilha ferveu
O Sport começou a partida em um ritmo alucinante. Logo a um minuto, o volante Rithelly cruzou para o atacante Willians, que mandou na trave. No minuto seguinte, porém, o Leão não perdoou. O lateral Thiaguinho levantou pela direita e o atacante Bruno Mineiro cabeceou no travessão. No rebote, Marcelinho Paraíba só completou.

Após o gol, os donos da casa diminuíram o ritmo, o que fez o Vitória sair um pouco mais para o jogo. Nos minutos seguintes, o time baiano conseguiu controlar mais a partida, mas sem assustar. Tanto que aos 18 o Leão quase fez o segundo. Marcelinho Paraíba recebeu na entrada da área, mas pegou mal na bola e chutou torto.

Bem mais eficiente, os pernambucanos ampliaram em um contragolpe. O volante Uelliton falhou na marcação e Willians escapou em velocidade pela direita. O atacante invadiu a área e acertou uma bomba no ângulo. A bola ainda bateu no travessão antes de entrar.

O Leão baiano continuou lutando para encontrar espaços na forte marcação adversária, mas o goleiro Magrão continuou sem ter trabalho. No final, aos 44, Bruno Mineiro ainda teve outra oportunidade de fazer o terceiro. Após receber de Marcelinho Paraíba, o atacante, sem marcação, mandou para fora.

Show dentro e fora
Na volta do intervalo, o Vitória foi obrigado a sair para o ataque, enquanto o Sport voltou muito mais cauteloso. Aproveitando a instabilidade adversária, os donos da casa chegaram ao terceiro gol. Robston avançou pela direita e levantou na área. Bruno Mineiro cabeceia e manda no cantinho esquerdo do goleiro Fernando.

Diante de um adversário completamente abatido, o Leão da Ilha ainda fez sua torcida vibrar mais uma vez. Aos 33 minutos, Wellington Saci ainda fez o quarto, em cobrança de pênalti sofrido por Bruno Mineiro. Do gol até o apito final, o grande destaque foi a torcida rubro-negra, que fez uma linda festa.

Próximos Jogos
Na próxima terça-feira, às 20h30, o Sport volta a campo para enfrentar o Criciúma, no Estádio Heriberto Hülse, em Criciúma. Enquanto isso, o Vitória recebe a Ponte Preta, no mesmo dia e horário, no Estádio Barradão, em Salvador.