Série B: Náutico quase lá, Braga decepciona e Vitória de primeira

A reta final do Campeonato Brasileiro da Série B está empolgante e mais um time colocou “um pé” na elite nacional de 2012. Na tarde deste sábado, o Náutico venceu “Clássico dos Clássicos” contra o Sport e abriu seis pontos do quinto colocado. Também na luta pelo acesso, o Bragantino fez feio e o Vitória conquistou resultado de quem vai subir.

No principal jogo do dia, o Náutico soube aproveitar as oportunidades e venceu o Sport, por 2 a 0, nos Aflitos, em Recife. O resultado complicou de vez as chances do Leão de chegar ao acesso, já que ficou estacionado com os 48 pontos, agora, na oitava colocação, chegando a sua segunda derrota seguida, – no último sábado perdeu para o Goiás, por 1 a 0. Com isto, o cargo do técnico PC Gusmão fica muito ameaçado, já que dos últimos 21 pontos, conquistou apenas cinco.

Por sua vez, o Náutico chegou aos 56 pontos, encostou na Ponte Preta, vice-líder, com 57 e precisa de mais sete pontos para confirmar o acesso ao Brasileirão. Na história dos confrontos, o Timbu segue perdendo, já que tem apenas 172 vitórias, contra 192 vitórias do Sport e 139 empates.

Vitória de primeira!
Quem compareceu ao Estádio do Melão, em Varginha, viu uma “coisa de outro mundo”. Em plena “Terra do ET”, o Vitória conseguiu um feito de “outro planeta”. Após ser pressionado em quase todo o jogo, o Leão bateu o Boa Esporte, por 2 a 1, na tarde deste sábado, e deu um importante passo na briga pelo acesso.

Esta foi a segunda vitória consecutiva do clube baiano, que encostou de vez no G4. Após superar o “bombardeio” do concorrente direto, os rubro-negros chegaram aos 50 pontos, na quinta colocação. Em compensação, o time mineiro vai ficando cada vez mais disntante, já que está na nona colocação, com 47 pontos. Faltando cinco rodadas, precisará manter uma campanha quase perfeita para subir.

Que fase, Braga!
O Bragantino foi a grande decepção do dia ao empatar com o Icasa, por 1 a 1, no Estádio Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista. Lincom marcou mais um e assumiu a artilharia da competição ao lado de Kieza, do Náutico, com 18 gols.

Com o resultado o Massa Bruta chegou aos 51 pontos e assumiu a quarta colocação. O time igualou o Americana na pontuação, mas leva vantagem no saldo de gols (6 a 0). Já o Icasa seguiu na zona de rebaixamento permanecendo com 39 pontos na 17ª posição.

O sonho acabou?
Se o Paraná ainda sonhava com o acesso, com o empate por 2 a 2, em Curitiba, com o São Caetano, as chances ficaram remotas. Distância para o primeiro clube no G4 do campeonato é de seis pontos. Enquanto Hernane e Marinho balançaram as redes para os paranaenses, Augusto Recife e Antônio Flávio fizeram para os paulistas.

Com o empate em casa, o Paraná chegou aos 45 pontos e agora aparece na 11.ª posição da Série B – seis pontos atrás do Americana, quinto, com 51 pontos. O São Caetano, cada vez mais distante da zona de rebaixamento, agora tem 44 e é o 13.º – quatro pontos a frente do Icasa. Os paulistas chegaram ao décimo jogo de invencibilidade, sendo cinco vitória e cinco empates, e não perderam sob a batuta de Márcio Araújo.

Medo demais…
Com medo do rebaixamento, ABC e ASA foram cautelosos ao extremo e não mereceriam melhor resultado do que o empate, por 1 a 1, no Estádio Frasqueirão. O resultado deixou os rivais nordestinos bem perto da zona de perigo. O ABC tem 43 pontos, em 15.º lugar, uma posição na frente do ASA, com 42 pontos – dois a mais do que o Icasa – 17.º e primeiro time que aparece na zona de queda.

Além da ameaça do rebaixamento, os dois times vinham de derrotas na rodada anterior. O ABC foi goleado pelo São Caetano, em São Paulo, por 4 a 0, enquanto o ASA caiu em seu estádio diante do Salgueiro, por 1 a 0.

Confira os jogos da 33.ª rodada:

Terça-feira
Guarani 3 x 0 Grêmio Barueri
Americana 0 x 0 Criciúma

Sexta-feira
Portuguesa 2 x 1 Ponte Preta
Goiás 4 x 1 Duque de Caxias
Salgueiro 1 x 1 Vila Nova

Sábado
Náutico 2 x 0 Sport
Bragantino 1 x 1 Icasa
ABC 1 x 1 ASA
Boa Esporte 1 x 2 Vitória
Paraná 2 x 2 São Caetano