Série B

18 de abril de 2012: uma data que entrou para a história do Barradão. Naquele dia, o Vitória perdia para o ABC por 2 a 0 até os 32 minutos do segundo tempo, resultado que eliminaria a equipe baiana da Copa do Brasil. Foi então que brilhou a estrela de Neto Baiano: o camisa 9 marcou três vezes em 15 minutos, classificou sua equipe para as quartas-de-final e se tornou o maior artilheiro do lar rubro-negro.

Foto: Romildo de Jesus

 

Neste sábado, 7, às 16h20, os protagonistas daquele espetáculo histórico se reencontram em outro palco: o estádio do Frasqueirão, em Natal, lar do clube potiguar. O confronto, por sua vez, acontece pela 9ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro, competição em que ABC e Vitória encontram-se em situações muito opostas.Diferente do ano passado, o rubro-negro baiano largou muito bem na Segundona, tanto que já ocupa o G-4 da tabela desde a quarta rodada do campeonato. De quebra, não corre o risco de sair da zona de classificação diante do ABC, já que os times que vêm na sequência – Boa Esporte, Paraná, Joinville, Goiás e São Caetano – só podem chegar a 15 pontos. Sem entrar em campo, o Vitória já possui 16.

O ABC, por sua vez, atravessa uma enorme crise. Na tabela, o clube – 14º, com 9 pontos – não está tão mal assim. O problema, no entanto, vem desde o início do ano: além da trágica eliminação na Copa do Brasil, o Elefante perdeu o campeonato potiguar para o arquirrival América, que, ainda por cima, é o atual vice-líder da Série B com 19 pontos.

Vitória – Embalado pelo triunfo sobre o Avaí no Barradão, o Vitória vai até Natal com a esperança de esquecer o último resultado fora de casa. O torcedor não gosta de lembrar, mas a derrota de virada por 4 a 3 para o Goiás, no Estádio Serra Dourada, ainda está muito viva na mente da equipe rubro-negra.

O comandante Paulo César Carpegiani tem apenas dois desfalques para o confronto, ambos no setor de ataque. Dinei, com uma lesão no ligamento do joelho esquerdo, e Marquinhos, com uma virose, são as baixas da rodada. Os demais ausentes serão por escolha do técnico, que preferiu não levar para a capital potiguar o zagueiro Rodrigo e o goleiro Renan, poupados por má fase.A novidade fica para a entrada de Marco Aurélio como titular. O atacante, até então desconhecido pela torcida rubro-negra, entrou no segundo tempo da partida com o Avaí e participou dos dois gols que deram o triunfo ao Leão.

ABC – Após a derrota por 3 a 1 na última rodada para o ASA, a diretoria do clube potiguar resolveu demitir o técnico Márcio Goiano. A troca, no entanto, não demorou muito. Neste sábado, o ABC já terá a estreia de um novo treinador: Ademir Fonseca, que estava na Caldense-MG.

Para sua estreia, o comandante não contará com os zagueiros Luizão Pereira e Flávio Boaventura, além do volante Basílio e do atacante Elionar Bombinha, todos entregues ao departamento médico. Velho conhecido da torcida rubro-negra, o atacante Adriano Pardal é outra baixa do ABC, suspenso pelo terceiro cartão amarelo.

Por outro lado, Ademir terá à disposição jogadores que estavam afastados do elenco pelo antigo treinador. É o caso do volante Jerson e do atacante Washington, que também já vestiram a camisa do Vitória. Completando a lista de ex-rubro-negros, estão o zagueiro Alison e Eduardo Neto, que disputaram o Campeonato Baiano do ano passado.
ABC x Vitória – 9ª rodada da Série B 2012.

Local: Estádio do Frasqueirão, em Natal (RN).
Data: Sábado, 7 de julho.
Horário: 16h20.

Árbitro: Wagner Reway (Asp. FIFA/MT).
Assistentes: Fábio Rodrigo Rubinho (CBF/MT) e Thyago Costa Leitão (CBF/PI).

ABC: Andrey; Pedro Silva, Alison, Eduardo Neto e Renatinho Potiguar; Guto, Bileu, Jérson e Raul; Éderson e Washington. Técnico: Ademir Fonseca.

Vitória: Douglas; Nino Paraíba, Victor Ramos, Gabriel Paulista e Mansur; Uelliton, Rodrigo Mancha, Pedro Ken e Tartá; Marco Aurélio e Neto Baiano. Técnico: Paulo César Carpegiani.

Fonte: A Tarde