Segunda rodada

Com o objetivo de entrar pela primeira vez no grupo dos quatro clubes que ascenderão à Série A em 2013, o Vitória joga contra o Criciúma às 21h50 desta terça-feira, 29, pela terceira rodada da Série B do Campeonato Brasileiro, no Estádio Heriberto Hulse.

Por conta da participação nas quartas de final da Copa do Brasil, o rubro-negro teve adiado o seu jogo da segunda rodada, contra o América-RN, que seria disputado no dia 22, para o dia 5 de junho. Por esse motivo, a equipe, que ocupa a oitava posição com três pontos ganhos, tem um jogo a menos que a maioria dos clubes do torneio.

Para repetir o feito do jogo de estreia, quando bateu o Barueri por 1 a 0, o técnico do Vitória, Paulo César Carpegiani, utilizará pela primeira vez o meia Eduardo Ramos. Na contramão, o treinador ainda não poderá contar com os lesionados Renan, Nino Paraíba, Romário, Uelliton, Michel e Pedro Ken.

Na segunda colocação com seis pontos ganhos, o Criciúma tem 100% de aproveitamento no Campeonato e entrará em campo pela terceira vez consecutiva com a mesma escalação. O destaque da equipe é o veterano Zé Carlos, que já balançou as redes duas vezes. O seu parceiro no ataque é Gilmar, antigo conhecido da torcida rubro-negra. Com todos os jogos a serem disputados no mesmo dia, a terceira rodada tem ainda os duelos Joinville x Guarani, São Caetano x Bragantino, Ceará x Goiás, América-RN x Avaí, CRB x Guaratinguetá, Barueri x ABC, Ipatinga x ASA, Paraná x América-MG e Boa Esporte x Atlético-PR.

Criciúma – Embalado pelos dois triunfos conquistados nos dois primeiros jogos disputados na Série B, o Tigre, dono do melhor ataque com oito gols marcados, começará a partida com a mesma escalação pelo terceiro jogo consecutivo.O técnico da equipe, Paulo Comelli, tem mandado a campo um time bem organizado num 4-4-2, cujos pontos mais destacáveis são o ágil lateral-esquerdo Marlon e o habilidoso meia Kléber.

O ataque do time catarinense é formado pelo veterano Zé Carlos e por Gilmar, jogador revelado nas divisões de base do Vitória, que já não se apresenta mais apenas como um ponta velocista, mas também entra muito na área.
Com 100% de aproveitamento na competição, o Criciúma venceu o Guaratinguetá em se jogo de estreia por 4 a 1, no Heriberto Hulse, e o Bragantino por 4 a 3, fora de casa.

Vitória – Para vencer a sua segunda partida no Brasileirão e entrar desde já na briga por uma vaga no G-4, o time de Paulo César Carpegiani será bem diferente daquele que entrou em campo no jogo de estreia, contra o Barueri.
As mudanças começam pelo gol: recuperado de lesão, Douglas retoma a camisa 1 que estava com o jovem Gustavo. Renan, que também defendeu as cores do clube na temporada, segue em tratamento.

No meio campo, o volante Uelliton e o meia Pedro Ken, ambos com lesões musculares, desfalcam a equipe. Em substituição, Carpegiani dará mais uma oportunidade ao volante Ananias e promoverá a estreia de Eduardo Ramos.Muito criticado por ter colocado Gabriel Paulista em lugar de Wellington Saci no jogo decisivo contra o Coritiba, pela Copa do Brasil, Carpegiani parece decidido a sacar o lateral-esquerdo mais uma vez. A disputa pela posição é entre Gabriel e Mansur.

Criciúma x Vitória – 3ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro.
Local: Estádio Heriberto Hulse, em Criciúma (SC).
Data: Terça-feira, 29 de maio.
Horário: 21h50.
Árbitro: Claudinei Forati Silva (CBF/SP).
Assistentes: José Chaves Franco Silva (CBF/RS) e José Favel Silveira (CBF/RS).

Criciúma: Douglas; Ezequiel, Nirley, Matheus e Marlon; Elias, Fransérgio, Lucca e Kléber; Zé Carlos e Gilmar. Técnico: Paulo Comelli.
Vitória: Douglas; Léo, Victor Ramos, Rodrigo e Gabriel (Mansur); Ananias, Rodrigo Mancha, Eduardo Ramos e Tartá; Marquinhos e Neto Baiano. Técnico: Paulo César Carpegiani.

Fonte: A Tarde