Pituaçu não será reaberto no domingo, e Bahia manda partida no Armandão

Neste domingo (28), o Bahia vai enfrentar o Camaçari pelo returno da segunda fase do Campeonato Baiano. A bola iria rolar no estádio de Pituaçu, mas a praça só será liberada pela Superintendência de Desportos do Estado da Bahia (Sudesb) para o jogo da próxima quarta-feira (31), pela Copa do Brasil.

“O técnico da Sudesb fez mais uma avaliação e entende que é necessário ter mais alguns dias de trabalho para entregar o gramado em perfeito estado”, contou o presidente de Federação Bahiana de Futebol, Ednaldo Rodrigues, ao iBahiaFC, por telefone. “É uma precaução para não sofrer futuras intervenções”, completou.

A notícia irritou a diretoria tricolor, que publicou nota no site oficial do clube alegando prejuízos. “Lamentamos profundamente pela série de equívocos e contradições da Sudesb nesta questão, na qual os maiores prejudicados foram o Bahia e o seu torcedor. O clube terá prejuízos financeiros e técnicos incalculáveis. Já a torcida não terá um estádio à altura da sua grandeza, para um jogo de tal importância, já que pode sacramentar a classificação da equipe para as semi-finais da competição”, diz o informe.

Homenagem adiada – Alguns campeões da Taça Brasil de 1959 seriam homenageados antes do duelo de domingo (28), já que a conquista completa 50 anos na segunda-feira (29).

Com o veto, o clube anunciou o adiamendo do evento, na mesmo nota. “Diante da decisão da Sudesb, a homenagem que estava programada para os campeões da Taça Brasil de 1959 será transferida para a partida de quarta-feira, contra o Atlético-GO, pela Copa do Brasil, em Pituaçu”.

Fonte: www.portalibahia.com.br