Derrota!

Com um futebol bem mais eficiente e ofensivo, o São Paulo venceu o Bahia nesta noite de domingo, por 1 x 0, no estádio do Morumbi, pela segunda rodada do Campeonato Brasileiro da Série A. Agora, para tentar se recuperar na competição, já que tem apenas um ponto na tabela de classificação, o time de Falcão terá que vencer o Atlético-MG, dia 6, às 20h30, no Independência.

Foto: Max Haack

Tricolores ficam devendo no primeiro tempo
Sem receber uma forte pressão do São Paulo, como era esperado, o Bahia não se desesperou em nenhum momento na etapa inicial. Explorando rápidos contra-ataques com Lulinha e Zé Roberto, o tricolor baiano não criou tantas oportunidades de abrir o placar, assim como o adversário, dono da casa.

A primeira chance do jogo aconteceu para os mandantes, somente aos 14 minutos. O meia Rafinha fez uma linda jogada, passando pelo meio da zaga baiana, e tocou para o artilheiro Luís Fabiano, que dominou e chutou com categoria, tirando tinta do gol de Marcelo Lomba. No minuto seguinte, o próprio Rafinha resolveu arriscar e soltou a bomba no ângulo ao arqueiro tricolor, que fez uma grande defesa.

Mantendo o bom ritmo, o time paulista chegou com perigo novamente aos 28. Luís Fabiano recebeu lançamento dentro da grande área, mas se atrapalhou com a bola, desperdiçando a chance de tirar o zero do marcador. Até este momento, apesar de criar mais, o São Paulo não mostrou seu favoritismo e passou a dar espaços aos baianos.

E em um desses lances, Lulinha quase colocou o tricolor do Fazendão em vantagem. Depois de uma roubada de bola de Fabinho, a redonda caiu nos pés do meia, que chutou de longe, exigindo de Dênis seu primeiro e único trabalho do confronto até então.

Luís Fabiano faz a diferença e tricolor baiano é derrotado
Em menos de cinco minutos da etapa final, o Bahia despertou. Logo na saída de bola, Lulinha trocou passes com Magno e entrou na área para chutar forte, obrigando Dênis a defender. Na sequência foi a vez de Júnior. O Diabo Loiro pegou  redonda e acertou um torpedo, dando mais trabalho ao camisa 1 paulista.

Contudo, após perder algumas chances, o tricolor paulista fez o primeiro. O paraguaio Pires lançou o rápido Osvaldo dentro da área. O ex-atacante do Ceará chegou chutando para a defesa de Lomba, mas a bola procurou Luís Fabiano, que fechou o olho e chutou firme, estufando as redes baianas.

Dono das ações, o tricolor paulista passou a explorar mais o desespero baiano, que buscava o empate a qualquer custo. Saindo em contra-ataques com Osvaldo pela direita e Fernandinho pela esquerda, a equipe de Leão pouco foi acionada em sua defesa, administrando muito bem o resultado.

FICHA TÉCNICA
Campeonato Brasileiro – 2ª Rodada
São Paulo 1 x 0 Bahia
Local: Estádio do Morumbi, em São Paulo
Data: 27/05/2012
Árbitro: Wagner Reway (MT)
Auxiliares: Bruno Boschilia (PR) e Marrubson Melo Freitas (DF).

São Paulo: Dênis; Pires (Rodrigo Caio), Paulo Miranda, Edson Silva, Cortês; Denilson, Cícero, Jadson; Maicon (Fernandinho), Rafinha (Osvaldo) e Luís Fabiano. Técnico: Emerson Leão.

Bahia: Marcelo Lomba; Fabinho, Rafael Donato, Titi e Helder (Gerley); Diones, Fahel, Magno (Ciro) e Zé Roberto; Júnior (Rafael) e Lulinha. Técnico: Paulo Roberto Falcão.