Publicidade


No lucro

Nesta segunda-feira (18),o presidente do Atlético de Alagoinhas, Albino Leite foi julgado pelo TJD-BA.

O dirigente invadiu o campo e agrediu o assistente Alessandro Álvaro de Matos na partida contra o Bahia, pelo campeontao Baiano, após a anulação de um gol da sua agremiação.

A punição para Albino foi determinada à 240 dias de suspensão. O Carcará perdeu cinco mandos de campo e pagará uma multa no valor de 5 mil reais.

O presidente que está no seu quarto mandato à frente do Atlético é reincidente em atitudes desta natureza.

Já o lateral-esquerdo Sandro que estava no banco de reservas, mas invadiu o campo e também participou da confusão ficará suspenso por 4 jogos.