Nike explica contrato

O que era tratado a sete chaves pela diretoria do Bahia não é mais novidade para ninguém. Assinatura de contrato com a Nike, nova fornecedora de material esportivo do tricolor por quatro anos, é um assunto tratado com naturalidade, agora, por ambas as partes envolvidas. Diretor de sports marketing da Nike do Brasil, Luis Alexandre Pontes Rodrigues, justificou a escolha da empresa norte-americana ao selar acordo com mais quatro equipes brasileiras: Santos, Bahia, Internacional e Coritiba.
“Os quatro novos parceiros da Nike foram escolhidos por diversos critérios. O principal deles é uma identificação entre o DNA da marca e dos clubes, sinônimos de vitórias. Outra razão que motivou a Nike a firmar parcerias com os clubes foi o alto nível de gestão que eles possuem. Esses times possuem gestão cada vez mais profissionalizada, aberta a firmar acordos que vão muito além de simples patrocínios”, decretou o representante, em discurso oficial.
A Nike, no país, fornecedora de material esportivo da Seleção Brasileira e Corinthians, promete lançar os novos uniformes das quatro respectivas equipes no mês de fevereiro, quando  apresentará a nova camisa da seleção canarinho. No entanto, a temporada para o Bahia começa dia 18 de janeiro, pelo Campeonato Baiano, e isso exige uma medida da multinacional que prometeu resolver a situação.
“Estamos trabalhando caso a caso. Na Bahia, tudo é possível. Posso garantir que o material de treino fica pronto antes. Respeitamos a tradição (uniforme), mas inovação faz parte do DNA da Nike”, declarou o diretor de comunicação, Mário Andrada, em entrevista ao jornal A Tarde.