Na Ilha

Vindos de vitórias importantes, Sport e Bahia fazem um confronto direto para fugir da zona de rebaixamento nesta quarta-feira, às 20h30, na Ilha do Retiro. O Sport está na 17ª posição, com 22 pontos, enquanto o Bahia é o 14º colocado, com cinco pontos a mais.

NO LADO DO LEÃO
Embalado pela virada em cima do Cruzeiro, o Sport tenta engrenar uma boa sequência no Brasileirão. Com sete pontos conquistados no segundo turno, o Leão precisa vencer para se manter próximo do Coritiba e com chances de sair da zona de rebaixamento.

– Será um jogo difícil, sabemos que será complicado e teremos que nos doar ao máximo para conseguirmos vencer e manter uma sequência de vitórias – afirmou o goleiro Saulo.

Magrão continua longe dos campos nesta rodada. O goleiro passou por um exame de ressonância que constatou um estiramento muscular. A previsão é que ele continue sem jogar por mais dez dias.

TRICOLOR EMBALADO
A sequência de bons resultados no segundo turno e, principalmente, a goleada em cima do Vasco aumentaram a confiança do Bahia. Agora, o Tricolor vai à Recife atrás de mais três pontos para continuar se distanciando da zona de rebaixamento.
Segundo o meia Zé Roberto, a reação do time acontece graças a chegada do técnico Jorginho, que soube dar confiança aos jogadores.

– Qualidade sabíamos que tínhamos, mas estava faltando um algo mais, uma organização melhor e alguns atletas acreditarem mais em si. Com o Jorginho as coisas começaram a acontecer – afirmou o meia.

Para a partida, o treinador não terá o meia Gabriel, que continua contundido, e o volante Fahel, suspenso pelo terceiro cartão amarelo. Jones Carioca, destaque da última vitória, deve ser mantido no ataque, enquanto Kléberson, Mancini e Fabinho disputam a vaga de Fahel.

FICHA TÉCNICA
SPORT X BAHIA
Local: Ilha do Retiro, Recife (PE)
Data/hora: 12/9/2012 – 20h30 (de Brasília)
Árbitro: Luiz Flávio de Oliveira (SP)
Auxiliares: Thiago Gomes Brígido (CE) e Carlos A. Nogueira Júnior (SP)
SPORT: Saulo, Cicinho, Edcarlos, Diego Ivo e Willian Rocha (Renê); Tobi, Moacir, Rithely e Hugo; Gilsinho e Felipe Azevedo. Técnico: Waldemar Lemos.
BAHIA: Marcelo Loma, Neto, Danny Morais, Titi e Jussandro; Kléberson, Diones, Hélder e Zé Roberto; Jones Carioca e Souza. Técnico: Jorginho.

Fonte: Lancenet