Murray testa positivo para a Covid-19 e vira dúvida no Aberto da Austrália

O tenista Andy Murray, ex-número 1 do mundo, recebeu diagnóstico positivo para o novo coronavírus nesta quinta-feira (14). A informação foi revelada pela rede britânica BBC.

Diante do problema, a participação do britânico no Aberto da Austrália virou dúvida, já que o torneio começa para valer no dia 8 de fevereiro -e os atletas precisam passar por uma quarentena de 14 dias no país antes desta data.

Murray tinha programado viajar para Melbourne entre esta sexta e sábado (16), mas agora vai ficar isolado em sua casa, em Londres.

Ainda segundo a BBC, o tenista de 33 anos deve tentar uma negociação com os organizadores do torneio para participar da competição.

Foto: Peter Staples / ATP Tou