Publicidade


México 1 x 2 Brasil – Seleção joga no segundo tempo e vence de virada

Ronaldinho Gaúcho e Marcelo, esses foram os jogadores que salvaram a Seleção Braisleira de mais um fiasco sob o comando do técnico Mano Menezes. Após sair perdendo, o Brasil mostrou força de reação no segundo tempo e virou para cima do México. Com isso, o jogo disputado npo Estádio Corona, em Torreón, no México, terminou 2 a 1 para a Seleção Canarinho.

Esta fopi a 32ª  partida entre méxico e Brasil aos todo, são 20 vitórias, seis empates e seis derrotas. No histórico recente, mais precisamente desde 1999, Brasil e México se enfrentaram nove vezes, sendo três vitórias brasileiras, contando com a de hoje, dois empates e quatro vitórias mexicanas.

Xiiii, Mano!
A Seleção Brasileira começou o amistoso ocntra o México dominando a posse de bola e rondando a área mexicana, porém sem levar perigo. Os mexicanso, por sua vez, na primeira subida ao ataque, aos dez minutos, contaram com a sorte e abriram o placar. Barrera recebeu na esquerda e, sem ângulo, chutou para a área. David Luiz se jogou e cortou para o gol, tirando a bola do goleiro Jefferson e marcando, contra, para o México.

após abrir o placar, o México manteve a toada e passou a dominar a posse de bola. Além disso, os mexicanos contaram com a ajuda dos brasileiros, que pareciam perdidos em campo, sem criar e sem ameaçar.

O Brasil, só mostrou ser Brasil,aos 16 minutos, com Neymar. O atacante invadiu a área pela esquerda, passou para Hulk, que devolveu de calcanhar para o atacante do Santos. Livre, Neymar chutou por cima do gol, desperdiçando a grande chance brasileira no jogo.

Com excesso de faltaS, o jogo esfriou de vez. Sobrou dois cartões para mexicanos e para o lateral Daniel Alves. A Seleçlão Brasileira chegou novamente aos 29 minutos, com Hulk, que era o jogador brasileiro mais perigoso no jogo até então. O atacante recebeu de Marcelo na área e chutou cruzado. Sánchez defendeu e salvou o time mexicano.

Na sequência o jogo ficou truncado, com os times brigando no meio-campo. Pelo lado brasileiro, Neymar, Ronaldinho e Lucas pouco criaram, o que dificultou a reação brasileira. Para piorar, aos 44 minutos, Daniel Alves derrubou Giovani dos Santos na área, foi expulso e o árbitro apontou a marca do pênalti. Na cobrança, Guardado bateu no canto direito, mas Jefferson fez grande defesa, para na sequência, o árbitro apontar a ofinal do fraco primeiro tempo em Torreón.

Brasil acorda e vence. Ufa, Mano!!
A segunda etapa começou fria. A Seleção Brasileira voltou com Adriano, no lugar de Lucas, mudança para recompor a zaga, devido a expulsão de Daniel Alves. O México, cadenciava o jogo e até deixava o campo aberto para os braisleiros, que pouco aproveitaram nos minutos iniciais.

O México foi quem chegou primeiro. Aos nove minutos, Chicharito arrancou pela esquerda, cortou David Luiz e arriscou da entrada da área, mas o chute sai por cima do gol ,com muito perigo.

A Seleção Brasileira só chegou aos 19 minutos, quando Neymar sofreu falta na intermediária. Na cobrança, Ronaldinho arriscou de longe e quase surpreende o goleiro Sáncez, que faz grande defesa e evita o empate.

Aos 29 minutos, foi a vez do México chegar com muitop perigo. Chicharito aproveitou cruzamento da direita e cabeceou forte para o gol. O goleiro Jefferson, do Botafogo, operou um milagre e evitou o segundo gol mexicano.

Após o México quase ampliar, a seleção acorodu e foi para o jogo. Aos 34 minutos, Ronaldinho Gaúcho, em linda cobrança de falta, empatou o jogo. este foi o primeiro gol de Ronaldinho, após quatro anos sem marcar com a camisa amarelinha. Quatro minutos depois, o lateral-esquerdo Marcelo fez linda jogada individual, entrou na área e soltou abomba para virar o jogo e dar a vitória para a Seleção.