Meta já definida

O mais novo técnico do Bahia já chegou ao Fazendão e já trabalhou. O paranaense Caio Júnior sabe que o seu objetivo no tricolor baiano é deixar para trás o mau momento vivido pelo clube, então o 19º colocado do Brasileirão com apenas oito pontos ganhos.

Caio Júnior acredita que aproveitamento de 40% na Série A poderá livrar o Bahia do rebaixamento (Foto: Lucas Cunha | Ag. A TARDE)

 

Na tarde desta segunda-feira, 23, após ter comandado o seu primeiro treino, o novo treinador falou pela primeira vez com a imprensa e, com um discurso objetivo, contou que a primeira providência é definir metas de pontuação para livrar o clube da zona de degola o quanto antes.   “Acredito que tem muita coisa para acontecer no campeonato. Acho importante traçar metas. Faltam oito jogos para acabar o primeiro turno e quero traçar uma meta para chegar a uma posição razoável, para depois pensar em algo maior. Mas, nesse momento, temos que ser realistas e saber que fugir da zona é o objetivo. Acho que chegar próximo de 18 a 22 pontos no final do primeiro turno é o ideal. Se conseguir isso, a gente vai dar uma respirada e, em cima disso, vai poder trabalhar com mais tranquilidade no segundo turno”, disse o treinador.

Para livrar o tricolor baiano do descenso para a Série B, o treinador citou o Brasileirão de 2002, quando se iniciou na carreira de treinador profissional de futebol ao salvar do rebaixamento o Paraná Clube.

“Em 2002 eu assumi o Paraná faltando dez rodadas, com o time na última colocação, com 95% de chance de rebaixamento, e nós escapamos. O Paraná não caiu aquele ano. Para mim foi até um título. Aquele momento foi marcante. Em dez anos de experiência, eu já vivi isso, sei como é trabalhar nessa zona de rebaixamento. A pressão é maior”, finalizou.

Fonte: À Tarde online