Mario Gobbi dedica título estadual

Em meio à festa pela conquista do 27º título estadual do Corinthians, o presidente do clube, Mario Gobbi, não esqueceu os 12 torcedores presos em Oruro, na Bolívia, acusados da morte do torcedor boliviano Kevin Espada. Durante duelo com o San José, pela Taça Libertadores, no dia 20 de fevereiro, o garoto foi atingido por um sinalizador que teria partido do setor onde estava a torcida.

Segundo Gobbi, não existem provas que sustentem a prisão dos corintianos.

– O título vai para os 12 brasileiros que estão ilicitamente presos na Bolívia. Não há nenhuma prova contra eles. Estão lá injustamente – sustenta Gobbi.

A maior preocupação do presidente alvinegro que é o caso seja esquecido e os torcedores deixem de ser acompanhados.

– O assunto está saindo de pauta e não podemos deixar que isso aconteça – completou.

Fonte:Globoesporte