Mano elogia meia estreante e critica zagueiro

O técnico festejou a boa apresentação da equipe, mas não gostou do resultado.

“Domingo jogamos mal (1 a 0 no Fluminense). Deste jogo não posso sair reclamando, com o time criando como criou”, afirmou o treinador. “Cometemos falhas comuns de jogo, mas tivemos personalidade, criamos bastante chances e isso é jogar bem. Não ganhamos por detalhes.”

Bruno César com moral
Mano garantiu que Defederico não sai e elogiou a estreia de Bruno César. “Gostei do que vi ontem (quarta). (Bruno César) Entrou, cobrou uma falta com qualidade… Não tenho dúvidas de que ele será o jogador que foi no Santo André e no Noroeste”, elogiou.

Mas nada de confirmá-lo entre os titulares no clássico. “Temos de esperar um pouco para definir o time do domingo. E ter um pouco de calma com o Bruno César. Sabemos que quando ele for solicitado, entrará e colaborará.”

Bruno César festejou. “Uma estreia melhor, impossível. A gente vinha treinando, o professor deu oportunidade e tive a felicidade de ajudar o Corinthians”, disse o meia. “Estou tranquilo, confiante. Foi uma estreia boa e agora é pensar no Santos, manter os pés no chão e procurar fazer o melhor.”

Polêmica com o capitão
William saiu reclamando nesta quarta. Disse que alguns jogadores renderam abaixo do esperado e levou enorme bronca de Mano. “A gente não faz análises individuais. Se ele estiver falando dele, eu concordo”, detonou Mano.

Como o técnico, Felipe também preferiu valorizar o resultado. “A gente sempre espera o máximo, mas a equipe não jogou bem no primeiro tempo. No segundo a gente criou chances, conseguiu empatar e teve chances de virar. Esse ponto pode fazer diferença a nosso favor no final”, disse o goleiro.