Mais um empate no Barradão

Em jogo muito ruim, Vitória e Ceará empataram sem gols, na noite desta quarta-feira, no Estádio do Barradão, em Salvador, pela 22ª rodada da Séria A do Campeonato Brasileiro e seguem estagnados na competição. O jogo marcou a reestreia de Ricardo Silva no time baiano.

O Vitória chegou ao seu terceiro empate consecutivo e segue sem brigar por um objetivo na competição. O time tem 25 pontos, na 14ª posição, a quatro da zona de rebaixamento e quatro da Sulamericana. O Ceará está um pouco melhor, em nono, com 29 pontos.

O jogo
Vitória e Ceará fizeram um primeiro tempo sofrível. Por jogar em casa, o Vitória tentou sair para o jogo nos primeiros minutos, mas encontrava um adversário bem postado no campo de defesa, marcando as principais jogadas do time baiano, que saiam pelos pés de Ramon Menezes.

Com isto, o time baiano ficou dependente das bolas paradas, só que o time cearense conseguiu as neutralizar também. Em uma delas, Ramon Menezes tentou marcar gol olímpico, mas, atento, Michel Alves deu dois passos para trás e deu um tapinha para a linha de fundo.

Pelo lado cearense, a aposta era nos contra-ataques, mas o ataque formado por Wellington Amorim e Magno Alves tinha pouca mobilidade e a responsabilidade de chegar ao campo de ataque foi colocada nas costas de Camilo.

Segundo tempo
O começo da segunda etapa parecia promissor. O Vitoria voltou dos vestiários marcando no campo de ataque do adversário. O time da casa chegou a balançar a rede aos três minutos com Junior, mas o árbitro assinalou falta de Ricardo Conceição no goleiro Michel Alves.

Depois dos dez minutos, a chuva tornou-se a principal figura do jogo e esfriou os dois times. Para o Ceará foi bom, pois a equipe entrou claramente com o intuito de levar um ponto para casa e o treinador Dimas Filgueiras mexeu na equipe para manter esta estratégia.

De nenhum jeito, o time da casa conseguia penetrar na defesa adversário. Este fato irritou a torcida baiana que passou a pegar no pé de alguns jogadores. Principalmente, no do atacante Elkson, que saiu de campo muito vaiado.

Próximos jogos
O Vitória volta a campo no próximo domingo, às 16 horas, contra o Atlético-MG, em Sete Lagoas. No mesmo dia, porém, um pouco mais tarde, o Ceará recebe o Goiás, no Castelão, em Fortaleza.

Ficha técnica

Vitória 0 x 0 Ceara

Local: Estádio do Barradão, em Salvador-BA
Público: 9082
Renda: R$ 96.135,00
Árbitro: Sálvio Spinola Fagundes Filho-SP (Fifa)
Auxiliares: Ednilson Corona-SP (Fifa) e Carlos Jorge Titara da Rocha-AL
Cartões amarelos: Vanderson e Wallace (Vitória); Anderson, Tony (Ceará)

Vitória
Viáfara; Léo (Eduardo), Wallace, Anderson Martins e Egídio; Ricardo Conceição, Vanderson, Bida (Schwenck) e Ramon; Elkesson e Júnior (Kleber Pereira).
Técnico: Ricardo Silva

Ceará
Michel Alves; Oziel, Fabrício (Diego Sacoman), Anderson e Ernandes; Michel (Careca), João Marcos, Camilo e Geraldo; Wellington Amorim (Tony) e Magno Alves.
Técnico: Dimas Filgueiras (interino)