Leão fala sobre assalto a residência

Emerson Leão se diz aliviado por nada mais grave ter acontecido com ele e sua esposa. Em contato com a reportagem do LANCENET!, neste domingo, o comandante tricolor revelou que teve contato com os bandidos.

– Eu estava fora de casa. Quando cheguei com minha esposa, por volta das 16h, vi as portas arrombadas. Os bandidos estavam dentro e vieram para cima de mim. Tentaram fazer com que eu me deitasse. Não cheguei a ver arma de fogo, só arma fria. Mas foi uma reação rápida e eles fugiram – afirmou.

 

Segundo Leão, eram dois homens e um terceiro ainda estava do lado de fora esperando dentro de um carro. Ele contou que levaram uma bolsa com alguns relógios de valor e que se não tivesse chegado em casa naquele momento, o prejuízo seria ainda maior.

O treinador também contou que na hora do corre-corre um dos bandidos pulou da sacada para conseguir a fuga e escapou por residências vizinhas.

– Eles estavam pouco tempo lá dentro. Me deparei com eles na hora certa. Estavam com ferramentas, tudo preparado para levar mais coisas. Um deles até pulou da sacada – contou.

Além dos relógios, os assaltantes levaram alguns objetos que Leão guardava com carinho, como lembranças de Copa do Mundo e de família.

A perícia esteve na casa do técnico após o crime e lá ficou até 3 horas da madrugada. Leão fez o Boletim de Ocorrência no 15ª DP do Itaim Bibi na noite deste último sábado. Segundo a polícia, os bandidos são de uma gangue conhecida que age na região. Depois de ter tomado as devidas providências, o treinador vai aguardar as investigações

fonte:  LANCENET!