Japão vence Argentina pela primeira vez na história

A seleção da Argentina recebeu a cota integral pela presença de Messi no amistoso diante do Japão, mas perdeu a partida. Nesta sexta-feira, no estádio de Saitama, os Samurais Azuis, utilizando a correria, venceram os sul-americanos por 1 a 0, gol Okazaki, aproveitando falha do goleiro Romero. A vitória é a primeira dos asiáticos sobre os hermanos na história dos confrontos entre as seleções.

Enquanto o técnico Sergio Batista declarou ao longo da semana que o resultado do amistoso contra o Japão não deveria contar para a definição da manutenção do treinador no comando da Argentina, a partida serviu para Messi demonstrar que está totalmente recuperado da lesão no tornozelo. Com a presença do atual melhor do mundo, a Argentina evitou que a cota pelo amistoso diminuísse em US$ 200 mil (R$ 344 mil).

O único gol do jogo saiu aos 18 minutos do primeiro tempo. Hasebe chutou rasteiro de fora da área, o goleiro Romero não conseguiu encaixar, e a bola sobrou para Okazaki. O meia D’Alessandro, do Internacional, começou como titular, mas não conseguiu exibir o bom futebol demonstrado no Colorado e foi substituido no segundo tempo. Abusando dos contra-ataques, os japoneses apostavam na velocidade de Honda e conseguiram assustar até o final.