Guaraní 1 x 1 Vitória: Situação complicada

Mesmo tendo ficado na frente do marcador, o Vitória acabou vacilando e ficou no empate em 1 a 1 com o Guarani, na tarde deste domingo, no Brinco de Ouro, e permanece próximo da zona de rebaixamento, agora dois pontos do grupo que frequenta o grupo da degola.

Apesar de ter começado a partida com maior volume de jogo, o Guarani foi quem mais levou perigo ao gol de Viáfara em duas oportunidades. O primeiro momento foi aos 15 minutos, quando Apodi recebeu um belo lançamento pelo lado direito e acabou chutando forte, mas o arqueiro do Rubro-Negro acabou fazendo uma grande defesa.

Outro lance foi aos 23 minutos, Barbosa fez uma bela jogada pelo lateral e cruzou para área, Gabriel Paulista furou e a bola sobrou para Douglas, sozinho, que acabou jogando por cima do gol de Viáfara. Mas, o lance mais polêmico foi aos 40 minutos quando Apodi acabou sendo desarmado por Elkeson e reclamou de uma possível penalidade.

No segundo tempo, o Guarani voltou melhor e teve dois grandes momentos no começo da etapa final, aos dois minutos Mazola recebeu um grande passe e entrou na área, mas Viáfara fez uma bela defesa. Aos 7 minutos, Bida acabou desviando contra a própria meta e quase marcou contra.

Mas na primeira bola que o Vitória foi com perigo acabou marcando o gol. Junior recebeu um belo lance e cruzou para dentro da área onde estava Adailton. O atacante do Rubro-Negro bateu forte para o fundo das redes.

Porém o Vitória não teve tempo para comemorar, já que o Guarani empatou aos 35 minutos quando Geovane cobrou escanteio e contou com a falha do goleiro Viáfara e empatou o jogo.

No final da partida, o Guarani tentava apertar e o Vitória partia nos contra ataque, mas a partida acabou com o empate, resultado ruim para as duas equipes.

Guarani 1 x 1 Vitória
Campeonato Brasileiro – Série A – 36ª rodada
Data:
14/11/2010 (Domingo), às 16h (Horário de Salvador)
Local: Estádio Brinco de Ouro, em Campinas (SP)
Arbitragem: Evandro Rogério Roman (PR), auxiliado por Gilson Bento Coutinho (PR) e Bruno Boschilia (PR)

 Guarani: Emerson; Apodi, Ailson, Aislan e Márcio Careca; Maycon, Barbosa (Reinaldo), Preto e Paulinho (Paulo Roberto); Mazola e Douglas (Geovane). Técnico: Vagner Mancini.

 Vitória: Viáfara; Rafael, Gabriel Paulista,Anderson Martins e Jonas (Thiago Martinelli); Neto Coruja, Uelliton, Bida e Ramon (Egídio); Elkeson (Adailton) e Júnior. Técnico: Antônio Lopes.