Goleada

Mantendo a mesma postura dos jogos anteriores e contando com uma atuação de gala dos atacantes Jones e Souza, o Bahia surpreendeu o Vasco nesta noite de domingo e goleou a equipe carioca por 4 x 0, em pleno estádio São Januário, pela 23º rodada da Série A. Com este resultado, o time de Jorginho, invicto desde que chegou ao Fazendão, subiu para a 14º posição, chegando aos 27 pontos e ultrapassando o Santos na tabela de classificação. E para tentar dar um salto na tabela de classificação, os baianos vão encarar o Sport na próxima quarta-feira, na Ilha do Retiro.

Tricolor domina e Souza deixa sua marca
Valorizando a posse de bola e explorando rápidos contra-ataques pelas laterais do campo, o Bahia foi melhor que o Vasco no primeiro tempo. A equipe carioca, por sinal, sentiu a pressão do seu torcedor e criou pouquíssimas chances de abrir o placar em sua casa, irritando muito o técnico Cristóvão Borges.

Mas a primeira grande chance foi carioca. O rápido Eder Luís, aos nove minutos, partiu com tudo pela direita e cruzou na medida para o atacante Alecsandro pegar de primeira e mandar para fora.

A resposta tricolor aconteceu aos 18 e em grande estilo. Souza, artilheiro do elenco nesta temporada, resolveu dar uma de garçom e lançou para Jones Carioca dentro da grande área, mas o goleiro Fernando Prass se antecipou e conseguiu cortar o lance.

Poucos minutos depois, aos 28, o próprio Jones invadiu a área novamente e tocou na saída de Fernando Prass, errando a pontaria. Na sequência, o zagueiro Douglas apareceu para cortar e afastar o perigo.

E depois de tanto insistir, os comandos de Jorginho abriram o marcador. Diones trocou passes com Jones, que correu para a linha de fundo para cruzar na cabeça de Souza, que testou no ângulo de Prass, fazendo a festa da torcida baiana presente no São Januário.

Bahia domina, faz mais três e passeia em São Januário
Mais dinâmico e agressivo, o tricolor partiu com tudo para cima do alvinegro e ampliou o placar logo aos quatro minutos da etapa final. Depois de ótima jogada pela esquerda, Zé Roberto tocou para Jones, que dividiu com o zagueiro vascaíno para tocar no fundo das redes de Fernando Prass.

Passando a explorar contra-ataques, o time baiano fez o terceiro aos 12, mais uma vez com Jones Carioca. O atacante tricolor recebeu lançamento de Souza, entrou na área, driblou Prass e tocou sem goleiro, revoltando a torcida carioca presente na casa alvinegra, que chamou o técnico Cristóvão de burro.

Explorando o péssimo momento vascaíno, o tricolor confirmou a goleada aos 24. Helder entrou livre pela esquerda e cruzou na medida para Souza. O centroavante dominou, ajeitou e bateu firme, sem chances para Prass, fechando o caixão carioca.

FICHA TÉCNICA
SÉRIE A
Vasco 0 x 4 Bahia
Local: Estádio de São Januário, no Rio de Janeiro (RJ)
Data: 09/09/2012
Árbitro: Raphael Claus (SP)
Auxiliares: Roberto Braatz (PR) e Danilo Ricardo Simon Manis (SP)
Público: 7.802
Renda: R$ 165.680

Vasco: Fernando Prass; Luan, Douglas, Fabrício, Jonas; Nilton, Felipe Bastos, Juninho e Jhon Cley (Carlos Tenório); Eder Luis (Eduardo Costa) e Alecsandro. Técnico: Cristóvão Borges.

Bahia: Marcelo Lomba; Neto, Danny Morais, Titi, Jussandro; Fahel (Kleberson), Hélder, Diones; Zé Roberto (Mancini); Jones Carioca (Elias) e Souza. Técnico: Jorginho.

Fonte: Bahia Noticias