Geninho confirmado, time concentrado

Desde a recusa de Márcio Araújo, a diretoria do Vitória vinha negociando com ele e nesta quinta-feira, Geninho foi confirmado pelo clube para assumir o lugar do delegado Antônio Lopes.

Com passagens pelo rubro-negro baiano como jogador e também treinador, Geninho comandou o Leão pela última vez no ano de 1998. Sua maior conquista na função foi o título brasileiro de 2001 pelo Atlético Paranaense.

Demitido pelo Furacão em abril deste ano, mesmo com mais de 80% de aproveitamento no comando do time, Geninho estava sem clube até acertar com o Vitória. O treinador não vai comandar o Vitória na estreia contra o Vila Nova, mas assistirá a partida no Barradão.

Jogadores concentrados.

O treinador interino convocou 20 jogadores, dentre eles, o recém contratado goleiro Fernando e o atacante Marcelo, que chegou numa troca por Adailton com o Atlético Paranaense, mas se contundiu e poderá enfim estrear pelo rubro-negro baiano.

A relação completa segue com os goleiros Douglas e Fernando; os laterais, Nino, Yuri e Léo; os zagueiros Reniê, Gabriel, Alison e Léo Fortunato; os volantes Esdras, Duylio e Uelliton; os meias Nikão, Mineiro e Elkeson; além dos atacantes Geovanni, Rildo, Neto Baiano, Marcelo e Edson.