Finalmente o G4

Precisando vencer o jogo e torcer por outros resultados para entrar no G-4 do grupo 1, o Bahia não vacilou e passou com facilidade pelo Ipitanga por 3 a 0, na noite desta quarta-feira, no Pituaçu, com gols de Ramon, Tressor Moreno e Bruno Paulo e ainda desperdiçou uma cobrança de penalidade e conquistou o quarto triunfo consecutivo, sendo três pelo Campeonato Baiano e um pela Copa do Brasil.

A partida começou com o Ipitanga apertando a marcação no campo de ataque do Bahia e tendo maior posse de bola, mas as melhores chances eram do Tricolor. No primeiro lance, Marcos carregou a redonda para dentro da área, porém na hora de concluir acabou chutando de esquerda e jogando para linha de fundo. Só que a melhor oportunidade veio aos 11 minutos, quando Marcos tabelou com Tressor Moreno e o colombiano acabou sendo derrubado na área. Pênalti. Na cobrança, Rafael acabou batendo no canto esquerdo, porém Rodolfo tocou e desviou para a trave.

Depois desses lances o Ipitanga acordou no jogo e levou perigo ao gol de Omar. No primeiro lance, o meia Marlon cobrou escanteio e o zagueiro Rafael desviou, só que a bola resvalou em seu companheiro e saiu em tiro de meta. Aos 25 minutos, Baco chutou de fora da área e Omar espalmou para dentro da área. No rebote, conseguiu evitar, por duas vezes seguidas, o gol do time Tucano.

O Tricolor só voltou a assustar aos 39 minutos, quando Dodô fez uma bela jogada pelo lado esquerdo e cruzou para área para Rafael. Mas, o jovem atacante, sozinho, acabou furando e desperdiçando mais uma grande oportunidade de movimentar o placar no estádio de Pituaçu.

No segundo tempo, o Bahia voltou tentando abrir o marcador a todo custo e teve uma nova chance de abrir o marcador aos 6 minutos, quando Dodô recebeu um belo passe e cruzou na medida para Rafael. O atacante subiu e cabeceou, mas o zagueiro do Ipitanga acabou colocando a mão na bola. Pênalti. Desta vez a cobrança foi feita por Ramon. O meia não desperdiçou e descolocou o goleiro do Tucano, abrindo o marcador para o Tricolor.

Após o gol do Tricolor, o time do Ipitanga ficou com um a menos, quando o volante Júnior Paraíba acabou sendo expulso por reclamar da arbitragem. Enquanto os jogadores do Tucano tentava pressionar a arbitragem, o Bahia tratou de ampliar a vantagem e conseguiu. Quando Bruno Paulo acabou pegando o rebote de uma jogada trabalhada pelo ataque e colocou a segunda vantagem no marcador.

Depois de conseguir ampliar o marcador, o Bahia teve tranquilidade e quase ampliou o placar aos 23 minutos, quando Thiego cobrou falta com força e obrigou o goleiro do Ipitanga a fazer uma bela defesa e colocar a bola para escanteio. Na cobrança, o árbitro acabou vendo penalidade cometida em cima de Thiego e marcou mais uma penalidade. Desta vez a cobrança ficou a cargo de Tressor Moreno. O colombiano não titubeou e colocou a redonda para o fundo do gol, dando números finais a partida.

Ficha Técnica:

Bahia 3 x 0 Ipitanga

Bahia: Omar; Marcos, Thiego, Titi e Dodô; Rafael Jataí, Hélder, Ramon (Boquita) e Tressor Moreno; Jones (Bruno Paulo) e Rafael (Camacho). Técnico: Vágner Benazzi.

Ipitanga: Rodolfo; Átila, Rafael, Leilson e Zé Thiago; Júnior Paraíba, Flávio (Edmilson), Marlon (Altierre) e Baco; Sassá e Fransuele (Sílvio). Técnico: Sérgio Veloso.

Local: Estádio de Pituaçu, em Salvador (BA).

Data: 02/03/2011 (Quarta-feira)

Horário: 20h30

Árbitro: Gleidson Santos Oliveira.

Assistentes: José Raimundo Dias da Hora e Raimundo Carneiro de Oliveira.