Eslovênia marca dois e cede o empate

Em uma partida bastante movimentada e com um final emocionante, a Eslovênia perdeu uma chance de ouro de ser a primeira seleção classificada para as oitavas-de-final da Copa do Mundo. Após começar vencendo por dois gols, o time do Leste Europeu cedeu o empate para os Estados Unidos, por 2 a 2, na manhã desta sexta-feira, no Estádio Ellis Park, em Johanesburgo.

Depois de colocar uma mão na taça, os eslovenos podem ter se complicado. O time é o líder do Grupo C, com quatro pontos, mas terá de torcer para a Inglaterra ou Estados Unidos não vencerem a fraca Argélia. Outra saída, seria bater os ingleses na última rodada. Os norte-americanos chegam ao segundo empate, em dois jogos.

Surpresa em Johanesburgo
Depois de arrancar um bom empate contra a Inglaterra, os Estados Unidos entraram em campo com o favoritismo. Quando a bola rolou, entretanto, a Eslovênia mostrou que de boba não tem nada. Com um pouco de dificuldades, os europeus apostaram no chuveirinho no início do jogo para sair de trás.

Os norte-americanos, com seu futebol pragmático, também esbarraram na marcação eficiente do adversário. O jogo seguiu sem grandes emoções até os 13 minutos, quando a equipe do Leste Europeu abriu o placar. O meia Birsa acertou um belo chute de canhota, no ângulo esquerdo do goleiro Howard.

O gol obrigou a equipe ianque a sair para o ataque, porém, o técnico Matjaz Kek conseguiu armar uma bela retranca. Apesar da pressão, poucas chances foram criadas e quem voltou a balançar as redes fora os eslovenos. Aos 41, após contra-ataque, o atacante Ljubijankic recebeu na área pela esquerda e bateu na saída do goleiro.

Vira, vira, vira… Não virou!
Com dois gols de desvantagem, os Estados Unidos voltaram para o tudo ou nada na segunda etapa e diminuiu aos dois minutos. Depois de um erro na saída de bola da Eslovênia, o meia Donovan invadiu a área sozinho, pela direita, e emendou uma bomba cruzada, sem chances para o goleiro Handanovic.

O primeiro gol era tudo o que faltava para os norte-americanos colocarem fogo no jogo. Aos cinco, por muito pouco não saiu o empate, após cobrança de falta de Donovan. Após os sustos iniciais, aos poucos a equipe europeia conseguiu prender mais a bola e sair mais o jogo.

Somente depois dos 20 minutos, os EUA voltaram a pressionar. Aos 24 minutos, Handanovic fez uma defesa incrível. Donovan cobrou a falta rasteiro e, após bate e rebate, a bola sobrou para o atacante Altidore. Este chutou forte, mas Handanovic segurou firme.

Depois de tanto pressionar, a seleção ianque finalmente chegou ao empate aos 36 minutos. Após bola lançada, Altidore ajeitou de cabeça para área e o volante Bradley chegou sozinho na área. Na cara do gol, ele encheu o pé e venceu Handanovic. No fim, aos 40, Edu chegou a virar, mas o árbitro anulou de forma equivocada.

Siga o Futebol Interior também pelo Twitter!

Próximos Jogos
A Eslovênia encerra a primeira fase contra a Inglaterra, na próxima quarta-feira, às 11 horas, no Estádio Nelson Mandela Bay, em Port Elizabeth. Por outro lado, os Estados Unidos jogam contra a Argélia, no mesmo dia e horário, no Estádio Loftus Versfeld, em Pretória.

Ficha Técnica

Eslovênia 2 x 2 Estados Unidos

Local: Estádio Ellis Park, Johanesburgo – África do Sul
Árbitro: Koman Coulibaly (MLI)
Cartões Amarelos: Cesar, Suler, Jokic e Kirm (Eslovênia); Findley (EUA)
Gols: Birsa aos 12’/1T e Ljubijankic aos 41’/1T (Eslovênia); Donovan aos 2’/2T (EUA)

Eslovênia
Handanovic; Brecko, Suller, Cesar e Jokic; Kirm, Koren, Birsa (Dedic) e Radosavljevic; Novakovic e Ljubijankic (Pecnik).
Técnico: Matjaz Kek

Estados Unidos
Howard; Cherundolo, Onyewu (Gomez), Demerit e Bocanegra; Bradley, Torres (Edu), Dempsey e Donovan; Altidore e Findley (Feilhaber).
Técnico: Bob Bradley